Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/11/2009 - Vooz Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cliente indenizado por sofrer golpe

Por: Rodrigo Vidal


O banco Itaú deverá indenizar por danos morais e materiais um idoso que teve seu cartão magnético trocado no interior da agência bancária. Devido a falta de segurança no estabelecimento bancário, o Itaú deverá ressarcir o cliente pelos saques indevidos e pagar R$ 3 mil por danos morais. A decisão foi tomada pela 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

A.L.P alegou que, ao usar um dos caixas eletrônicos no interior de uma agência do banco Itaú, sofreu o golpe da troca de cartão magnético.

O idoso conta que só soube que tinha sido vítima de estelionato, três dias depois, quando verificou que seu cartão havia sido trocado pelo golpista, estando de posse de cartão que não era seu.

Os saques feitos pelo autor da fraude foram sucessivos e nos valores máximos permitidos ao dia. A retirada do dinheiro ocorreu em caixas eletrônicos diferentes e em cidades de outro estado.

Para o relator do recurso, desembargador Luiz Carlos Gomes da Mata, a instituição financeira tem o dever de proteger o consumidor da ocorrência de fraude cometida dentro do seu estabelecimento. Para o magistrado, os bancos, na qualidade de prestadores de serviços, possuem entre suas funções principais,a de garantir a segurança do cliente sempre que ele se encontrar em suas dependências, inclusive se estiver utilizando dos serviços contratados para o qual é remunerado.

Considerando que o Itaú é responsável pelo serviço prestado de maneira defeituosa, o mesmo terá que pagar os danos materiais no valor de R$ 2.500 corrigidos monetariamente desde o saque indevido, acrescido de juros de mora de 1% ao mês. E deverá pagar também R$ 3 mil por danos morais, corrigidos monetariamente. Os desembargadores Nicolau Masselli e Alberto Henrique votaram de acordo com o relator.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 215 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal