Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/11/2009 - Vooz Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso falso médico em Nova Iorque - MA


Foi preso hoje na cidade de Nova Iorque – MA, a 570 km de São Luis, o “falso médico” Antônio Pereira da Silva. Ele se passava pelo “Dr. Marco Aurélio”, formado pela Universidade Federal do Maranhão e com nº do CRM do Maranhão.
O “Dr. Marco Aurélio” já havia atuado como médico nas cidades de Codó e Timbiras, ambas no Maranhão. Há uma semana a Polícia Federal investigava os passos desse bandido, tendo-o prendido nessa sexta-feira em Nova Iorque, devendo ser recambiado para a PF em Caxias – MA.
Não consegui confirmar pela internet a prisão de um outro “falso médico” na cidade de Brejo Paraibano –MA, hoje também. Recebi essa informação hoje a noite, mas não consegui confirmá-la. A mesma fonte deu-me essas duas informações, sendo que a de Nova Iorque confirmei através do “Jornal Imparcial”, de São Luis – MA.
Em 22/09/09 o “Jornal Imparcial” divulgou a prisão dos falsos médicos Yerco Bazan Antezana, de 29 anos, e Júlio César Solares, de 28 anos, no Hospital e Maternidade Master Clin, na cidade de São Mateus – MA. Ambos eram bolivianos e usavam registro médico de outros profissionais. "Como são réus primários, devem pegar, no máximo, dois anos de prisão, além de serem expulsos do País", informou o delegado responsável pela investigação, Anderson Pires Giampaoli.(Agência O Estado de Minas)
Já a fonte de informação “Agência Famem”, publicou dia 30/01/09 que o “falso médico” Celso Henrique Alves de Brito conseguiu fugir da Polícia Federal quando foi descoberto na cidade de Tuntun – MA. Ele conseguiu uma vaga de médico naquele município, após apresentar diploma da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e apresentou sua carteira do Conselho Regional de Medicina com o número de registro 27.177.Foi aí que o secretário de Saúde da cidade, Ednaldo Pontes da Silva e o ex-prefeito do município, Cleomar Tema Carvalho desconfiaram, já que os médicos do Maranhão inteiro não chegam a 5 mil. O falso médico disse que já havia trabalhado em São Luís, em Trizidela do Vale em outros municípios. Ao ser interpelado a respeito da elevada numeração do CRM, Celso Henrique disse que iria rapidamente em seu carro comprovar que o documento não era falso, e bateu em retirada.

Devido a grande procura por médicos nos interiores do país, alguns bandidos querem tirar proveito, crendo que os administradores são bobos e ignorantes, mas estão muito enganados, pois a grande maioria é bem assessorada.
Que esses falsários da medicina, em especial, e de outras profissões, sejam punidos como manda a Lei.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 530 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal