Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/11/2009 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Auditor de Madoff admite culpa a juiz


Nova York, 3 nov (EFE).- O contador David Friehling, auditor externo de Bernard Madoff por 17 anos, se declarou hoje culpado das nove acusações que pesam sobre ele em relação à maior fraude financeira da história de Wall Street, da qual disse não ter conhecimento prévio.

A Promotoria do Distrito Sul de Nova York informou hoje que durante seu depoimento ao juiz federal Alvin Hellerstein nos tribunais do sul de Manhattan o contador de 49 anos reconheceu ter ajudado Madoff a preparar declarações de impostos falsas.

"David Friehling foi um dos principais elementos da histórica fraude de Bernard Madoff", assegurou o promotor Preet Bharara em comunicado divulgado após a audiência.

"Com sua declaração de culpabilidade, assumiu a responsabilidade por seus crimes e agora vai nos ajudar a estabelecer as responsabilidades entre outros por suas respectivas participações nesta épica fraude a tantas vítimas", acrescentou.

Agora já são três as pessoas que admitiram culpa neste caso. Também afirmaram que eram culpados o próprio Madoff, condenado em junho a 150 anos de prisão, e seu ajudante Frank DiPascali, cuja sentença ainda não foi divulgada.

Friehling, que trabalhou como auditor externo de Madoff a partir de 1991, chegou a um acordo de colaboração com as autoridades para que sua pena seja reduzida.

Para não ser condenado a até 114 anos de prisão, ele prometeu ajudar nas investigações sobre as atividades da Bernard L. Madoff Investment Securities.

Em seu depoimento ao juiz, Friehling disse que tinha confiado em Madoff sem comprovar os ativos ou a documentação da empresa.

Acrescentou que lamentava profundamente o sofrimento das vítimas de uma fraude da qual alegou não ter conhecimento prévio, e chegou a citar sua família, que perdeu cerca de US$ 500 mil.

O contador, único proprietário da empresa Friehling & Horowitz APC, se declarou culpado dos crimes de fraude de valores, fraude de assessoria de investimento, de quatro acusações por apresentar relatórios de auditoria falsos à Comissão da Bolsa de Valores dos Estados Unidos e três de obstrução ou impedimento na administração da legislação em matéria impositiva.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal