Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/10/2009 - Expresso MT Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresa de São Paulo aplica golpe de cerca de R$ 7 mil em Sinop

Por: Rosani Trindade

O procedimento é conhecido pela polícia como golpe da lista telefônica.

Os prejuízos ultrapassam R$ 7mil. Tudo começou quando uma empresária de Sinop recebeu uma ligação telefônica de uma empresa de telemarketing. Dias depois chegou via fax, um boleto no valor de R$ 7.212,00 parcelados em 12x de R$ 601,00.

Iniciava o problema para uma empresária que atendeu a uma ligação da empresa denominada CLASNEG. Depois de uma pesquisa na internet foi obtida a informação no site www.clasneg.com.br, que a empresa atua na promoção e divulgação empresarial.

A polícia localizou ainda, diversas reclamações de empresários que foram lesados pela CLASNEG. A empresa possui CNPJ e endereço em São Paulo.

Para aplicar o golpe, durante a ligação a golpista informou que precisava confirmar alguns dados da empresa, caso contrário a empresa não constaria no auxílio à lista telefônica, serviço 102, da Brasil Telecom. Sem desconfiar de nada ela forneceu dados importantes de sua empresa.

Ao receber o documento, em letras bem miúdas e contrato malicioso a vítima diz que não percebeu que tratava-se de um golpe. Para completar ainda pediram que o responsável assinasse, colocasse o carimbo da empresa e reenviasse via fax. Somente quando recebeu o boleto com as parcelas para pagar, percebeu que havia caído em uma fria. A assessoria jurídica da empresária analisa o caso. A polícia também deverá investigar.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 765 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Jaqueline - 06/11/2009 23:19

Também estou sendo vítima desta empresa. Caí nessa fria tbm eles conseguiram levar 17,000 mil reais da empresa. E gostaria muito de ver essa quadrilha atrás das grades.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal