Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/02/2007 - CruzeiroNet Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-dono de loja aplicava golpe

Por: Marcelo Roma


Um novo tipo de golpe, descoberto por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), utilizava o financiamento de automóveis usados. O ex-dono de uma loja, José Edilson Trugilo, de 35 anos, foi preso ontem acusado de estelionato, falsificação de documento público, porte de arma e receptação. Ele era proprietário da antiga Trugilo Imports, que ficava na rua Hermelino Matarazzo.

De acordo com o delegado Alexandre Banietti, da DIG, Trugilo duplicava a documentação de um veículo qualquer. Para isso, falsificava o documento original, com os dados do proprietário, e por intermédio de alguns amigos donos de lojas requeria o financiamento do veículo, como se ele tivesse feito uma venda informal, explica o delegado. O banco ou financeira passava o dinheiro total da venda à loja em questão, que seria repassado à conta da mulher de Trugilo, apurou a Polícia.

O dono de uma loja que prestava o “favor” ao amigo desconfiou que a operação era fraudulenta e comunicou o fato ao delegado da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), José Ordele Alves Lima Júnior. O acusado teria feito cinco financiamentos desta maneira e tentava outros dois. Ele foi preso na Ciretran, ontem à tarde, quando foi liberar o seu carro, um BMW 540, apreendido por falta de licenciamento. Em outro carro, um Jeep Cherokee, a Polícia achou a pistola Walther 380, que havia sido roubada. O BMW e o Jeep estão registrados sem irregularidades.

Uma falha na falsificação de dois documentos confirmou a fraude, segundo o delegado Marcelo Carriel, da DIG. Em vez de constar como órgão expedidor o Departamento de Trânsito (Detran), aparecia a Ciretran de Itapetininga. As vítimas do estelionatário são os bancos e os donos de carros que tiveram os documentos clonados. Como geralmente os bancos notificam sobre atrasos das parcelas no terceiro mês, eles vão ser avisados agora. A DIG investigará se Trugilo aplicou mais golpes intermediados por outras lojas de carros usados da cidade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 573 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal