Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/10/2009 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Romena misteriosa e ‘autofraude’

Por: Arthur Guimarães, Nayanne Santana e Luciano Coelho

Ufac, que já foi vítima de fraudadora, fez exame com 15 questões e um tema da redação copiados da web.

SÃO PAULO - Fraudes em vestibulares geralmente são obra de quadrilhas especializadas. “Sempre vão ser criados novos métodos”, diz o delegado Lorenzo Pompilho, chefe da Operação Vaga Certa da Polícia Federal que, em 2007, levou à prisão de sete pessoas no Ceará e no Rio. Por até R$ 70 mil, o bando enviava universitários treinados e com documentos falsos para fazer provas no lugar dos candidatos. Em 20 casos de fraude, arrecadou R$ 500 mil.

Nem a prisão impede personagens misteriosos, como a romena Iona Rusei Dutra, de voltarem a agir. Em 2002, um grupo usou cola eletrônica para fraudar a seleção da Universidade Federal do Acre (Ufac). Iona era a personagem principal do esquema, que utilizou 26 pessoas. Inteligente, com memória fotográfica, ela se inscreveu no exame para responder às questões e enviou o gabarito a encarregados de transmiti-lo por torpedos a candidatos, por até R$ 25 mil. Detida, a quadrilha foi liberada meses depois. Iona reapareceu em 2004: o vestibular da Universidade Federal do Piauí foi anulado quando organizadores descobriram que ela se passou por uma candidata ao curso de Medicina. Presa por seis meses, a romena foi solta.

Não são só fraudadores que recorrem à cola. A Ufac teve em dezembro um caso de “autofraude”. O Ministério Público apurou que o exame tinha 15 questões e um tema da redação copiados da web. O vestibular foi refeito, mas a Ufac não apontou responsáveis pelo episódio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 303 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal