Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/02/2007 - O Estado de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende empresário acusado de fraude milionária na Saúde


SÃO PAULO - O empresário Marcelo Pupkin Pitta foi detido nesta sexta-feira sob a suspeita de ter fraudado os cofres do Ministério da Saúde em R$ 120 milhões, entre 1997 e 2004. A Polícia Federal apurou na operação, intitulada Vampiro, que Pitta corrompia servidores da pasta da Saúde para laboratórios estrangeiros obterem vantagens nas disputas por licitações públicas.

Com dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 2º Vara Criminal Federal paulista, agentes da PF aprenderam hoje documentos indicativos de que Pita depositava parte do dinheiro proveniente das fraudes em contas bancárias da empresa Rio Doce Empreendimentos e Participações, abertas em agência do Banco UBS S.A., localizada no bairro do Itaim Bibi.

Segundo a PF, a Rio Doce, registrada em nome da mãe e do irmão de Pitta, era usada para operações de internação de parte dos valores obtidos por meio ilícito que estavam no exterior. Também foi constatado que o preso enviava uma parcela do dinheiro das fraudes para empresas criadas por ele nos Estados Unidos, no Panamá e na Suíça.

A Justiça Federal, por meio da Vara Especializada em Crimes Financeiros e Lavagem de Capitais, determinou o bloqueio dos R$ 8,6 milhões aplicados em conta investimento da Rio Doce no Banco UBS.

Em 2004, Pitta havia sido denunciado à Justiça duas vezes por fraude em licitações do Ministério da Saúde para a compra de medicamentos e hemoderivados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 434 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal