Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/10/2009 - Portugal Diário Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusado de burla diz ter sido lesado em 100 mil euros

Oito arguidos são suspeitos da prática de 126 crimes de fraude.

Um dos oito arguidos supostamente envolvidos numa burla qualificada relativa à transacção de imóveis afirmou esta sexta-feira no Tribunal de Leiria que foi burlado em 100 mil euros e que desconhecia que tinha praticado ilícitos, avança a Lusa.

Os oito arguidos começaram a ser julgados pela presumível prática de 126 crimes de burla qualificada envolvendo a transacção de imóveis, num montante de três milhões de euros.

Os arguidos, com idades entre os 31 e 48 anos, residentes em Leiria, estão ainda pronunciados pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento na forma continuada e abuso de confiança.

Um dos dois arguidos, o único que prestou depoimento na sessão, disse ao colectivo de juízes, presidido por Duarte Cavaco Nunes, que soube por um funcionário que uma presumível solicitadora de execuções «conseguia arranjar automóveis mais baratos, que estavam penhorados por falta de pagamento».

O arguido adquiriu vários veículos a um preço mais baixo do seu real valor e mais tarde também imóveis, que estariam também em execução.

Confrontado pelo magistrado se não estranhou que os veículos e os imóveis nunca fossem entregues, o arguido disse que acreditou na justificação da presumível solicitadora, também arguida no processo. «Ela dizia que as coisas demoravam algum tempo a resolver e eu acreditei.»

O arguido contou ainda que ia «passando a palavra» de que conhecia alguém que possuía imóveis e veículos em execução, pelo que serviu de intermediário na negociação, afirmando desconhecer, contudo, a ilicitude dos negócios.

«Nunca ganhei qualquer contrapartida por arranjar compradores. Até fui lesado em 100 mil euros», disse, admitindo, porém, que quando precisou de um apartamento a solicitadora ofereceu-lho pela sua disponibilidade em ajudá-lo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 221 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal