Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/10/2009 - Alagoas 24 horas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Detran aciona polícia e golpistas são presas


Duas mulheres, detidas em flagrante pela Polícia Civil, confessaram, em depoimentos na Delegacia de Investigações e Capturas, que se faziam passar por despachantes junto ao Detran para abordar usuários no posto de atendimento (SAC) do Shopping Farol e prometer “facilidades”, mediante pagamento em dinheiro.

Ivanilde Gomes de Souza, 43 anos, e Arizoneide Amorim de Souza, 45 anos, ambas moradoras no bairro do Feitosa, foram detidas em flagrante por policiais civis depois que a delegacia recebeu denúncia do Detran de que um usuário havia sido abordado por elas, em frente ao SAC.

O usuário, que havia recebido um cartão com o nome e telefone de uma das acusadas, denunciou a abordagem ao Detran, que acionou a Polícia Civil. Os policiais recomendaram ao usuário que acertasse o “negócio” com as duas golpistas e marcasse encontro com elas, o que foi feito. No momento em que Ivanilde recebeu do usuário a quantia que havia cobrado (150 reais), os policiais, que estavam nas redondezas, deram voz de prisão às duas mulheres e as conduziram à delegacia, onde elas prestaram depoimento, devolveram o dinheiro e, como o crime de estelionato não chegou a ser consumado, elas foram liberadas.

No depoimento, as duas confessaram que o esquema era feito em conluio com auto-escolas. Elas cobravam uma quantia de usuários que pretendiam renovar a carteira de motorista, para que eles não precisassem freqüentar os cursos de legislação e de direção. Segundo as acusadas, elas cobravam uma “taxa” de 50 reais do candidato (embora no ato da detenção tenham recebido 150 reais) e pagavam uma parte à auto-escola para que a pessoa só precisasse colocar as digitais no controle de freqüência, e não precisassem assistir às aulas.

Elas citaram os nomes de cinco auto-escolas e, mesmo sem terem apresentado provas de envolvimento, as auto-escolas citadas terão intensificada a fiscalização do Detran.

Perguntada pelo delegado Francisco de Assis Amorim Terceiro se conseguiam facilidades no Detran para obter as guias para a clínica médica e para a fotografia da CNH, Ivanilde Gomes (a mais experiente das duas), disse que esse esquema funcionava antes, mas depois que o atual diretor-presidente do Detran, Antonio Sapucaia, assumiu o cargo, “colocou o pessoal que facilitava esse serviço para fora e hoje não se tem mais acesso”.

As duas acusadas disseram também não ter qualquer vínculo formal ou informal com o Detran, já que “trabalhavam”, segundo disseram, em cumplicidade com auto-escolas.

Arizoneide, em seu depoimento, contou que na maioria das vezes, ela se dedicava a “vender senhas”. Ou seja, chegava ao SAC mais cedo, antes da abertura dos serviços, e recebia a senha. Quando os usuários chegavam, ela oferecia a senha para que a pessoa não precisasse esperar na fila. Essa prática também já foi coibida pelo Detran no SAC Farol, que agora só fornece as senhas quando o expediente é iniciado.

Ivanilde confessou também que recebia o dinheiro das pessoas e não cumpria o que prometia, o que configura o golpe.

As duas também relataram que outras pessoas (segundo elas, “umas oito”) também costumam abordar usuários do Detran, na calçada do SAC Farol, que pretendem renovar a CNH.

Ivanilde e Arizoneida foram flagradas e detidas na quarta-feira 21. Hoje, quinta-feira, depois que a informação das prisões circulou, não havia nenhum falso despachante abordando usuários no SAC Farol.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 266 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal