Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/10/2009 - Diário Digital / Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PSP: Chefe da Escola de Polícia indiciado por falsificação


Um chefe da PSP colocado na Escola Prática de Polícia, em Torres Novas, falsificou um teste para favorecer um candidato ao curso de promoção a Subchefe, mas a sanção disciplinar ficou-se por uma suspensão de 60 dias.

Na justiça civil, o chefe Joaquim da Silva Pinto é alvo de um inquérito que está a correr nos Serviços do Ministério Público de Torres Novas, datado de 05 de Dezembro de 2008.

Em resposta a um pedido de informação da agência Lusa, os serviços do Ministério Público de Torres Novas adiantaram que Joaquim da Silva Pinto está indiciado pela prática de um crime de falsificação de documento, previsto e punido pelo artigo 256, nº 1, alínea D, e número quatro do Código Penal, não tendo ainda sido proferido despacho final. Ao abrigo deste artigo, o arguido incorre numa pena entre um e cinco anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 229 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal