Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/10/2009 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal prende suspeito de fraudar Lei da Anistia Migratória


A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira em São Paulo um homem de 27 anos suspeito de fraudar a Lei de Anistia Migratória, que autoriza a residência provisória de cidadãos estrangeiros em situação irregular no Brasil.

Segundo a PF, o suspeito foi preso quando acompanhava um grupo de nove bolivianos, após vender certidões consulares falsas para que se beneficiassem da Lei de Anistia Migratória.

Com o apoio do Consulado da Bolívia em São Paulo, policiais federais puderam identificar as certidões falsas e prender em flagrante o agenciador, que cobrava em média R$ 130 pelos documentos.

Os bolivianos serão ouvidos pela PF e, caso seja confirmada o envolvimento no esquema de fraude dos documentos, poderão ser indiciados pelos crimes de formação de quadrilha, uso de documento falso. Caso não tenham participação criminosa, os estrangeiros serão deportados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 208 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal