Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/10/2009 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Produtor engana tabloides com notícias falsas sobre celebridades

Documentário ‘Starsuckers’ mostra a voracidade dos tabloides por notícias. Jornais chegam a oferecer milhares de libras por informaçõs sobre plástica.

Chris Atkins, o produtor e diretor do documentário “Starsuckers” (que estreia neste mês no Festival de Londres), quis mostrar o esforço da mídia inglesa atrás de informações sobre as celebridades do país. Para isso, buscou alguns jornais com uma proposta tentadora: fornecer dados médicos sobre estrelas que teriam feito cirurgia plástica.

Para a sua surpresa, de quatro veículos consultados, três concordaram em encontrar o cineasta, que dizia ter dados sobre plásticas de celebridades coletados por sua namorada, que seria uma enfermeira. Ele teria as fichas médias a respeito de intervenções cosméticas de atores como Hugh Grant e Rick Gervais.

Segundo o jornal “The Guardian”, os tabloides “Sunday Mirror” e “News of the World” e a revista “People” mandaram representantes para falar com Atkins, que filmou todas as conversas para incluir no seu documentário sobre a cultura das celebridades no país.

O jornalista do “Sunday Mirror” chegou a oferecer 3.000 libras por matéria publicada, e o “News of The World”, apesar de descrever a situação como “complicada” e não saber se os dados médicos fossem de “interesse público”, disse que pagaria até 80 mil libras pelo material.

O tabloide “Sunday Express” se recusou a encontrar Atkins, citando que a utilização de material sobre a vida privada feria o código da Press Complaints Commission (Comissão de Observação da Imprensa), além de ser “uma violação à ética profissional”.

Atkins também deu outras “dicas” falsas para os tabloides, com histórias incluindo um incêndio na cabeleira de Amy Winehouse – e viu algumas delas serem publicadas como notícias legítimas. O diretor diz que “queria responder a uma simples pergunta (...) O quão longe iriam os repórteres dos tabloides em busca de uma história?”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 224 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal