Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/10/2009 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Nomes de empresas conhecidas são usados em golpe do empréstimo fácil


Na propaganda, empréstimos tentadores oferecidos por grandes empresas. Na realidade, o chamado golpe do empréstimo fácil. Quadrilhas usam o nome de grupos sólidos e confiáveis para enganar o consumidor.Os golpistas se aproveitam do desespero das vítimas endividadas e prometem emprestar dinheiro com juros baixos e sem comprovação de renda. Para dar uma fachada legal ao negócio, eles usam dados de grandes empresas.

As quadrilhas costumam atrair suas vítimas através dos classificados de jornais de grande circulação. A reportagem do Jornal Hoje entrou em contato com um desses anúncios que prometia empréstimo rápido com um limite tentador: até R$ 500 mil.

Do outro lado da linha, o atendente evita dar explicações. Mas diz que a financeira pertence a um grupo sólido e confiável, ligado a uma cooperativa de funcionários de uma montadora.

Os termos do contrato são passados por e-mail. Para liberar o empréstimo, é preciso pagar uma taxa antecipada. O valor corresponde a 5,6% do total do empréstimo. E não pode ser abatido da dívida.

O contrato tem logotipo da empresa e até número de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). O número, porém, é do consórcio da montadora, obtido por qualquer pessoa que peça um orçamento. Só que não faz empréstimos.

No endereço fornecido por telefone, fica a fábrica de carros. A empresa informou por meio de nota que no local não há nenhuma financeira. Nem é feito nenhum tipo de empréstimo.

Segundo o Ministério Público (MP), esse não é a única empresa usada pelos golpistas. O MP recomenda que o interessado em pegar empréstimo se certifique do real endereço da empresa e verifique se ela está autorizada a oferecer dinheiro. O consumidor também deve suspeitar de limites de empréstimo altos e de ligações telefônicas com ruídos.

Vale lembrar que bancos e financeiras sérios não cobram nenhuma taxa antecipada para liberar dinheiro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 230 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal