Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/10/2009 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Trio flagrado por delegado em golpe


Três mulheres, incluindo uma menor de 17 anos, foram presas na manhã de ontem, após aplicar o golpe da troca dos cartões de crédito em um delegado da Polícia Civil.
De acordo com a vítima, o delegado Luiz Antônio Blanco, ele entrou na agência do Banco Itaú, localizada na av. Leopoldino de Oliveira, próximo ao terminal de ônibus, para realizar um saque. Após concluir o serviço, uma mulher de nome Leila de Jesus Ramos, 31, o chamou dizendo que uma suposta funcionária do banco o estaria chamando. Mesmo estranhando o fato de a mulher estar trabalhando no domingo, Blanco voltou e ouviu a suposta funcionária, a qual utilizava um crachá e uniforme do banco, identificada como Érica Maria Borges, 29, que o sistema estava sendo inovado e, por isso, precisaria preencher um formulário no próprio equipamento.

Após o preenchimento dos dados, Érica pediu a Blanco que lhe entregasse o cartão para que anotasse um número de controle no verso do objeto. Neste momento, a menor, que se passava por cliente, desviou a atenção de Blanco, solicitando a ajuda da funcionária, para que a ajudasse a resolver problema, já que precisava ir logo embora. Ao olhar para trás, o delegado deu a brecha para que Érica fizesse a troca dos cartões. Chegando ao carro, Blanco comentou com a esposa sobre a desconfiança de que as mulheres estariam tentando aplicar golpe de estelionato. Preocupada, a esposa pediu o cartão e percebeu a troca. Ainda na av. Leopoldino de Oliveira, eles começaram a tentativa de perseguição às suspeitas. Após perder o carro de vista, utilizado por elas, um sedan branco, dirigido por uma quarta pessoa, o delegado avistou-as na porta da Agência Itaú da rua Segismundo Mendes; abordou-as, identificou-se como policial e rendeu-as, ordenando que ficassem deitadas no chão até que o reforço da Polícia Militar chegasse. Após verificar o extrato, ele percebeu que um saque no valor de R$ 300 já havia sido efetuado na sua conta.
As três envolvidas, foram encaminhadas para a delegacia, e até o início da noite de ontem, ainda prestavam esclarecimentos sobre o caso. Verificando os dados das mesmas, constatou-se que Érica Maria Borges já tem passagem pela polícia paulista pelo crime de estelionato. De outro lado, o marido de Leila de Jesus Ramos, está preso na penitenciária local sob a acusação de roubo. A polícia apreendeu com as mulheres, dois celulares, um deles com a senha anotada do delegado; uma máquina fotográfica; R$ 455 em dinheiro e uma pequena porção de maconha.

Pelas características das mulheres, a PC acredita que possam estar envolvidas em outros casos de golpes ocorridos na cidade, inclusive de um casal de idosos que sacou R$ 10 mil de sua conta para repassar às golpistas. “Eu fui vítima, e a orientação é de que em caso de desconfiar de alguém, chamar a polícia imediatamente. Esse tipo de crime tem aumentado muito na cidade”, disse o delegado Blanco.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 276 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal