Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/10/2009 - Portal Caparaó Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Militar prende quatro acusados de derrame de notas falsas

Envolvidos são todos de São João do Manhuaçu.

Elcimar José Pereira, 33 anos, Marcos Lopes Saturnino, 19, Marcos José Marques, 38, e Zaqueu de Souza Gomes, 23, foram presos na manhã de sábado, 10. Todos residem na zona rural de São João do Manhuaçu. Segundo a Polícia Militar, eles são suspeitos de fazerem parte de um esquema de falsificação de notas de 50 e 100 reais.

A PM chegou até os acusados depois de ser informada por um comerciante do bairro Engenho da Serra em Manhuaçu. Ele contou que uma pessoa tentou trocar uma nota de R$ 50 por outras de valor inferior. O comerciante desconfiou que a cédula fosse falsa e se negou a fazer a troca. Em seguida, acionou o 190 e informou as características do suspeito. Elcimar foi encontrado logo depois. Ele estava parado junto a uma motocicleta. Com ele foram encontradas 21 cédulas falsificadas de 100 reais.

Elcimar alegou que deu um aparelho de televisão, 29 polegadas, em troca das notas. A transação teria sido feita com Marcos Lopes. Elcimar informou ainda que Marcos teria mais células falsas em sua residência.

AÇÃO FOI DESENCADEADA NA ZONA RURAL

De posse dessas informações, a PM se dirigiu até o córrego dos Fagundes, zona rural de São João do Manhuaçu. Na casa de Marcos Lopes foram localizadas mais 11 cédulas de R$ 50 e 23 de R$ 100. Os militares confirmaram que todas são falsas.

Ao ser questionado, Marcos Lopes disse que teria fornecido a outra pessoa, no caso Marcos José, algo em torno de R$ 1.900. Também em cédulas falsas.

Imediatamente, a PM deslocou para o córrego dos Pontões e encontrou com Marcos José o equivalente a R$ 400. Ele informou que passou para terceiros R$ 1.500 em notas falsas.

Posteriormente, Marcos Lopes disse que quem estava distribuindo o dinheiro falso era Zaqueu de Souza Gomes, que reside no córrego Santana.

Na casa de Zaqueu foi apreendida uma impressora. Junto ao equipamento estavam uma nota de 100 e outra de 50 reais, ambas verdadeiras. A PM acredita que estas cédulas eram usadas para reprodução do dinheiro falso.

Todos os envolvidos acabaram presos e conduzidos para a 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Manhuaçu. Além das notas e impressora, a PM apreendeu diversos itens, como cartucho de tintas, folhas com imagens de dinheiro, telefones celulares e uma motocicleta.

O delegado Getúlio Lacerda informou que todos os quatro detidos serão indiciados por tentativa de estelionato, falsificação de moeda nacional e formação de quadrilha.

A Polícia Militar usou este fato como exemplo e orientou a população para que preste atenção quando for lidar com dinheiro. “Observem a marca d’água, verifiquem se a nota tem a tira de segurança e passem os dedos sobre a cédula para constatar sua aspereza. Esses cuidados evitam grandes dores de cabeça”.

Participaram da intervenção policial, tenente Ruiter, os sargentos Renato e Dinis, os cabos Gonçalves, Reuler e Dalcione, e os soldados Dênio, Paulo José, Leonardo e Cristiano.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 363 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal