Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/10/2009 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal flagrado com cocaína escondia documentos falsos


Ao prender um casal com cerca de meio quilo de cocaína no bairro Areão, policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) descobriram muitos documentos falsificados e em branco que seriam usados em golpes no comércio local.

Foram presos Adenir Benedito da Mata, o “Nil”, de 35 anos, e a esposa Cleidinéia Aparecida Coelho da Silva, de 30. A dupla fornecia drogas para traficantes que agiam na região da praça Maria Taquara, no centro da Capital. Eles utilizavam um Fiesta prata para o transporte das trouxinhas, segundo os policiais. A prisão ocorreu anteontem à tarde.

Segundo a delegada Cleibe de Paula, responsável pelas investigações, após uma série de denúncias sobre o tráfico na praça, os policiais ficaram alguns dias observando o movimento. Anteontem, chegaram a um viciado que estava com uma trouxinha.

“Ele acabou apontando quem fornecia a droga. A encomenda era feita por telefone. Assim que o casal chegou com a droga, revistamos o carro e localizamos cerca de 100 gramas”, informou. Os policiais estiveram na casa, onde apreenderam mais cerca de 400 gramas e vários apetrechos e produtos químicos usados para batizar o entorpecente e confeccionar as trouxinhas. Foram apreendidos R$ 1 mil em notas miúdas.

Além da droga, os policiais encontraram várias cédulas de identidades com nomes diferentes e com a foto de Adenir, além de cédulas em branco e dezenas de fotos numa caixinha. Havia também holerites falsos e duas bobinas de extrato de caixa-eletrônico do Bradesco e do Banco do Brasil.

“Com certeza, era uma fábrica de documentos falsos para aplicar golpes no comércio. Não sabemos se havia encomenda de documentos falsos, pois havia muitas fotos de pessoas diferentes”, observou a delegada.

Cleibe de Paula lembrou que Adenir fora preso recentemente por estelionato e estava em liberdade condicional. Ela não soube dizer a extensão do uso de documentos falsos. “Com a prisão de Ademir, a Polícia Civil tira de circulação e desarticula a venda de drogas na região central de Cuiabá”, salientou.

Ademir foi autuado em flagrante por crimes de tráfico de drogas e falsificação de documentos públicos. Cleidinéia, apenas por tráfico de drogas. (AR)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 276 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal