Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/09/2009 - Jornal de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Apreendidos 230 mil euros de notas e moedas falsificadas

Por: Alexandra Figueira


As autoridades apreenderam mais de cinco mil notas e moedas contrafeitas, no valor de 230 mil euros, entre Janeiro e Junho deste ano. É uma redução face ao último semestre de 2008 e inverte o sucedido no resto da Zona Euro: se por cá as apreensões diminuíram 20%, nos outros países da moeda única subiram 10%, disse ontem o Banco de Portugal (BdP).

As notas de 50 e de 20 euros continuam a ser as mais contrafeitas, enquanto que, nas moedas, a denominação de dois euros é a preferida dos falsificadores.

Para destrinçar as notas falsas das verdadeiras, o BdP sugere algumas técnica: sentir se as iniciais do BCE, pórtico, janelas, o valor da nota e as linhas verticais estão impressas em relevo; e procurar as marcas de água, filetes de segurança e o holograma com o símbolo do euro a ponteado. Também é possível usar equipamentos como lâmpadas de luz ultravioleta.

Nas moedas, uma comparação com outras costuma ser um meio eficaz de detectar as falsas.

Só a Espanha ultrapassa Portugal em matéria de máquinas ATM, os chamados Multibanco. Hoje, o nosso país tem 1,26 ATM por cada mil habitantes, o segundo maior rácio de toda a Zona Euro.

A operação mais utilizada continua a ser o levantamento de notas. No ano passado, em média, cada pessoa levantou dinheiro três vezes por mês, num ATM. No total, foram levantados 26 mil milhões de euros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 250 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal