Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/09/2009 - O Globo Online / Valor Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes mercantis contra empresas caem 41% no ano


SÃO PAULO - As fraudes mercantis contra empresas diminuíram 41,2% de janeiro a agosto deste ano, ante o mesmo período de 2008, e somaram R$ 72 milhões. O levantamento, feito nacionalmente pela Serasa com base em seu arquivo de alertas para eventos do tipo, mostra que os setores de confecções, materiais de construção, alimentos, informática e autopeças são os mais vulneráveis a golpes de crédito praticados por empresas contra outras empresas.

De acordo com a Serasa, são segmentos que têm alto giro de mercadoria e fácil aceitação. Como exemplo a Serasa menciona casos de compras de distribuidoras em grandes atacadistas, por exemplo. Muitas vezes a empresa faz a primeira compra e paga à vista, faz a segunda e paga em duas vezes, mas na terceira vez, quando já é cliente, acaba não efetuando o pagamento e desaparece.

A baixa dessas fraudes, segundo a empresa, pode ser explicada por dois fatores, a redução da oferta de crédito no período acumulado em comparação ao 2008, bem como o aperfeiçoamento de ferramentas de avaliação de risco e prevenção voltadas para esse tipo de problema.

"Esses números revelam que as empresas têm conseguido ser mais ágeis e eficientes na identificação de inconsistências de dados e informações que representam riscos e podem resultar em perdas mercantis, tanto no momento da venda a prazo quanto na aceitação de novos clientes", afirma Laércio de Oliveira, presidente da unidade de negócios pessoa jurídica da Serasa Experian.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 274 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal