Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/09/2009 - 24 Horas News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário preso se passava por fiscal da Sema em Marcelândia


Acusado de praticar estelionato contra empresários, Dirceu Nunes, de 59 anos, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na noite de segunda-feira, dia 21, no município de Marcelândia (710 km ao Norte). A delegacia recebeu denúncia de que o suspeito estaria visitando madeireiras na cidade e vendendo "cartilhas ecológicas", por preços que variavam entre R$ 300 e 1.500.

A fraude aplicada por Dirceu consistia em afirmar que era funcionário da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), ou que era representante da Associação de Servidores da Sema e do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), com isso arrecadava dinheiro junto aos empresários.

Uma das vítimas desconfiou e entrou em contato com os órgãos ambientais, os quais desconheciam a presença do suspeito na cidade, bem como afirmaram que Dirceu Nunes não era credenciado por associação ou sindicatos respectivos. Em seguida, avisou a Polícia.

O suspeito foi detido em um hotel na cidade de Marcelândia. Com ele foi encontrado além de dinheiro, diversos talões de recibos de pagamentos, de vítimas de várias cidades da região de Sinop.

O delegado Luiz Henrique de Oliveira informou que houve apenas quatro vítimas em Marcelândia, mas o estelionatário conseguiu fazer muitas outras. “Os recibos demonstram que no caso de madeireiros, Dirceu fazia-se passar por fiscal da SEMA, e no caso de comerciantes, fazia-se passar por Fiscal Tributário, sempre solicitando contribuições para as respectivas associações de classe”, explicou o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 253 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal