Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/01/2007 - emsergipe.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem pode ser preso por cair em golpe na Web


Thomas Katona, tesoureiro do condado de Alcona, no estado norte-americano de Michigan, foi suspenso de seu cargo público e responderá por nove acusações de desvio de dinheiro público.

Ele caiu no golpe do "419 scam", fraude online conhecida também como esquema nigeriano, que pede depósitos de quantias de dinheiro em troca de um retorno financeiro posterior muito maior. Agora, pode pegar até 14 anos de prisão.

Segundo o site IT Pro, o homem de 56 anos, que talvez considerasse a si mesmo um gênio, foi acusado após uma investigação iniciada em dezembro de 2006. Os oficiais do município descobriram o roubo depois da suspeita de que Katona teria realizado, apenas entre agosto e setembro de 2006, oito transferências eletrônicas em um total de US$ 186,5 mil para fraudadores.

Denunciado no 81º tribunal regional no dia 17 de janeiro, o espertalhão responderá por oito acusações de fraude e mais uma de falsificação. Caso seja condenado, ele pode pegar até 14 anos de cadeia.

Os oficiais descobriram as transações quando Katona viajou para Londres, onde supostamente se encontraria com alguns de seus contatos. Os registros bancários foram então enviados ao escritório municipal. Os documentos afirmam que oficiais do banco teriam alertado o tesoureiro de que suspeitavam que este estivesse fazendo acordo com fraudadores, conforme noticiou o site Detroit Free Press.

As investigações descobriram que Katona também transferiu US$ 72 mil de seu dinheiro pessoal para os fraudadores. Seis das transferências foram enviadas para contas no exterior, conforme revelou o promotor geral do Michigan, Mike Cox.

Este tipo de fraude, classificada no código penal brasileiro como estelionato, ocorre quando uma vítima recebe um email dizendo que uma grande quantia a espera, mas que para recebê-la precisa depositar determinada soma antes. Normalmente o remetente da mensagem alega ser o filho de algum ditador que deseja transferir fundos para fora do país e pede que a vítima envie dinheiro para a liberação da transferência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 397 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal