Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/09/2009 - Correio da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Disparam roubos de identidade

Por: Diana Ramos e Pedro H. Gonçalves

Segurança: Furto de dados bancários sobe 600% em apenas nove meses.

São cada vez mais os casos de piratas informáticos que lançam programas na internet para conseguir obter os dados bancários dos portugueses. Portugal está em sexto lugar na lista de países europeus mais vulneráveis ao roubo de dados pessoais.

Segundo os dados da Panda Security – empresa especializada a nível mundial em antivírus – só em Junho deste ano e só em Portugal foram detectadas 1438 infecções deste tipo. A liderar a tabela está a Espanha, com 2600 infecções nesse mês.

Os especialistas em segurança informática admitem que o roubo de identidade tem tendência para crescer em tempos de crise económica. Desde o início do ano, o número de vítimas de programas desenhados para obter informação pessoal e os dados bancários aumentou 600%. Para Luís Corrons, director técnico do PandaLabs, para além da crise económica, há que ter em conta "o grande negócio de venda de informação privada no mercado negro, como números de cartões de crédito, contas do Paypal ou do Ebay". Os dados de um cartão de crédito roubado são vendidos no mercado negro por apenas três euros.

Os piratas informáticos também estão a ser cada vez mais imaginativos na forma como obtêm os dados. Em Espanha, os piratas meteram a circular um e-mail fraudulento em nome do Fisco, que oferecia um reembolso de impostos em troca de informação pessoal. Em Portugal, a CGD é alvo de vários ataques que enganam os seus clientes a dar o número do cartão de crédito.

REDES SOCIAIS PERIGOSAS

No passado as tentativas de roubo de dados confidenciais limitavam-se ao e-mail ou vírus informáticos que se transmitiam apenas por correio electrónico. Agora outros métodos estão a ser utilizados.

Twitter ou Facebook – redes sociais on-line muito populares entre os mais jovens, mas não só – estão cheias de mensagens falsas que tentam ‘pregar rasteiras’ levando o utilizador a preencher todos os seus dados bancários.

Nem as organizações não-governamentais, que recolhem donativos através da internet, escapam aos ataques informáticos. O envio de SMS para telemóveis dos clientes a solicitar os dados, como se se tratasse do banco, também se está a tornar numa armadilha cada vez mais comum no País. Por norma, as vítimas só se apercebem que foram enganadas quando já é demasiado tarde.

SAIBA MAIS

CASO CGD

No ataque feito à Caixa Geral de Depósito (CGD) as mensagens têm o endereço seguranca@cgd.pt e indicam ao cliente "para proceder à actualização de dados", sob pena de ficar sem o acesso on-line.

74 943

É o número total de infecções informáticas desenhadas para roubar informação confidencial no mês de Junho, a nível europeu.

6

Portugal está em sexto lugar na lista de ataques informáticos, atrás de Espanha, Polónia, Alemanha, Itália e França.

SEGURO

Para quem faz compras on-line com frequência já há seguros contra este tipo de fraude.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 325 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal