Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/09/2009 - G1 / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-funcionário do Morgan Stanley é condenado por usar informação confidencial


Hong Kong, 18 set (EFE).- Du Jun, um ex-funcionário do banco Morgan Stanley, foi condenado hoje a sete anos de prisão por utilizar informação confidencial em benefício próprio, informou a "Rádio Televisão de Hong Kong".

Além da pena de reclusão, foi instituído o pagamento de multa no valor de 2,9 milhões dólares de Hong Kong ( 2 milhões de euros), a maior já imposta para o crime na cidade, no mais rumoroso caso de uso de informação confidencial conhecido até o momento.

O juiz Andrew Chan justifica o rigor da decisão ao perfil da fraude, sem precedentes e que ainda maculou a integridade de Hong Kong como centro financeiro.

Du foi condenado por negociar ações do Citic Resources Holdings Ltd antes que a companhia anunciasse uma aquisição, em 2007. Com a transação, ele teria obtido um lucro de 33,4 milhões de dólares de Hong Kong.

O ex-funcionário foi acusado de investir 86 milhões de dólares de Hong Kong na compra de 26,7 milhões de ações do Citic Resources, depois de ter acesso à informação confidencial (como integrante da equipe do Morgan Stanley) sobre a negociação por parte do Citic de um campo de petróleo e a emissão de bônus para financiar o acordo.

A Justiça também o considerou culpado por influenciar a sua mulher a comprar ações do Citic.

Desde 2003, a ex-colônia britânica considera crime, com penas de prisão e multas, o uso de informação confidencial. EFE

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 236 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal