Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/09/2009 - Geek Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Funcionamento da proteção antifraude do iPhone 3.1 causa confusão entre usuários

Por: Marco Andrei Kichalowsky

Apple explica que a ferramenta precisa baixar “lista negra” antes de iniciar seus trabalhos.

Um dia após o lançamento da versão 3.1 do iPhone OS, pipocaram na internet relatos de que a ferramenta antifraude introduzida na atualização seria ineficaz, falhando frente a conhecidos websites fraudulentos. Em seu The Mac Security Blog, a empresa de segurança Intego chegou a dizer que o novo recurso “simplesmente não parece funcionar”, o que foi corroborado por outros websites.

Depois de alguns dias de confusão e dúvidas, a Apple se pronunciou para esclarecer os fatos. Em declaração a Jim Dalrymple, do Loop Insight, Bill Evans, porta-voz da empresa, comentou que “as informações (para o funcionamento correto) da ferramenta antifraude do Safari são baixadas enquanto o usuário carrega seu iPhone, para proteger o tempo de duração da bateria e garantir que não haverá a cobrança de taxas adicionais”.

“Depois de atualizar para o iPhone OS 3.1, o usuário deve rodar o Safari, conectar-se a uma rede Wi-Fi e carregar seu iPhone com a tela desligada. Para a maioria dos usuários este processo deverá se realizar automaticamente quando estes carregarem seu telefone”, explicou o representante da Apple.

É necessário, portanto, que o iPhone baixe completamente a base de dados antes de o recurso iniciar os trabalhos. Realizar este procedimento periodicamente também permite que a Apple mantenha a ferramenta sempre atualizada, enviando para o usuário novas informações sobre fraudes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 254 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal