Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/09/2009 - Agência RBS / A Notícia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Investigada fraude em medidores


A atuação de uma quadrilha especializada em violações na medição de energia no Norte do Estado levou a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) a intensificar a partir dessa semana a fiscalização nos medidores de energia, principalmente em indústrias e no comércio.

“Eles ofertam um serviço que diminui o custo com energia elétrica sem nenhuma redução de consumo. Isso é crime.”, afirma o chefe da agência regional da Celesc de Joinville, Eduardo Cesconetto de Souza.

As unidades consumidoras que adulterarem o medidor para economizar na fatura estão sujeitos, por cinco anos, à cobrança de multa de 30% da diferença entre o valor real da fatura e o valor cobrado, conforme prevê a resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula o serviço. Além disso, o consumidor pode responder por crime de furto, e a quadrilha por estelionato, cuja punição prevista é de um a cinco anos de reclusão.

Segundo Cesconetto, ainda não é possível calcular os prejuízos causados pela ação da quadrilha, mas 32 estabelecimentos comerciais já foram punidos por irregularidades.

Para aqueles que receberam a proposta da suposta empresa que oferece a redução da fatura sem alteração no consumo de energia, Cesconetto alerta: “Não existe forma de reduzir o gasto com a energia, a não ser, economizando e tendo equipamentos eficientes.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 258 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal