Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/09/2009 - Abril Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Crise ajudou a revelar desvio de bilhões de dólares por Madoff

Clientes quiseram resgatar o dinheiro investido na empresa do financista após o início da crise, porém não conseguiram.

Apesar de todos os problemas trazidos pela crise econômica, que completa um ano na terça-feira (15) com a quebra do banco Lehman Brothers, ela ajudou a revelar uma fraude histórica realizada pelo financista americano Bernard Madoff. Ele foi detido em dezembro de 2008 por ter desviado bilhões de dólares de sua empresa de investimentos causando prejuízos a milhares de clientes que quiseram resgatar o dinheiro investido após o início da crise.

Com uma série de descobertas e acusações, Madoff, de 71 anos, se declarou culpado em março deste ano e foi condenado em junho a 150 anos de prisão. Ele cumpre a pena atualmente. A Justiça dos Estados Unidos também autorizou o confisco de US$ 170 bilhões em bens do financista para tentar compensar os danos causados aos investidores.

Os advogados das vítimas acreditam que cerca de três milhões de pessoas, incluindo bancos importantes e celebridades, perderam dinheiro no esquema fraudulento de Madoff, que já havia ocupado cargos importantes na economia dos EUA, como a presidência da Nasdaq.

Entre os que sofreram prejuízo do especulador estão o cineasta Steven Spielberg, o apresentador Larry King, os bancos Santander e HSBC, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e a Universidade de Nova York (NYU).

Madoff contou que nunca investia os recursos de seus clientes conforme o prometido. Ao invés disso, ele pagava os investidores que buscavam resgates numa conta mantida no Chase Manhattan Bank em Nova York. Ele alegou que se sentia pressionado a atender às expectativas dos clientes de que os investimentos teriam rendimento acima da média do mercado e disse acreditar que a pirâmide financeira duraria pouco tempo. "Mas não durou", admitiu.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 257 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal