Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/09/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Lobby no país precisa ser regulamentado, defende Tarso


BRASÍLIA - O ministro da Justiça, Tarso Genro, defendeu nesta quarta-feira a regulamentação do lobby no Brasil, com a definição de consequências penais "duras" para casos considerados ilegítimos. O ministro avaliou que a "movimentação de influência" pode se dar de maneira legítima, mas que é preciso punir o que ocorre "na zona gris" (nebulosa, de indefinição).

- O lobby existe sobre o Estado em todas as suas esferas. Não há dúvida de que existem grupos de influência, legítima ou corruptora - disse Tarso em entrevista ao programa de rádio Bom Dia, Ministro.

Segundo o ministro, o objetivo da regulamentação do lobby é evitar que a proteção de interesses gere "um trato desigual". Para o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, é preciso distinguir o lobby legítimo do "criminoso".

- Diferentes grupos sociais têm o direito de se manifestar, mas temos a necessidade de dar maior transparência a esse jogo de influência - afirmou Hage.

Tarso: Brasil está amadurecendo com o combate à corrupção

Ao comentar as ações de combate à corrupção no país, Tarso afirmou ainda que o Brasil está "amadurecendo democraticamente". Para ele, a taxa de corrupção será "drasticamente reduzida".

- Hoje, um policial federal ou um fiscal do Tribunal de Contas sabe que não vai ter sobre ele uma tutela política para poupar companheiros - afirmou Tarso.

O ministro acredita que os agentes que combatem a corrupção no país têm "autonomia legal" para desenvolver suas funções. Ele avaliou que a Polícia Federal está mais aparelhada e a Controladoria-Geral da União (CGU), mais organizada.

- A taxa de corrupção nunca será extinta, mas vai ser drasticamente reduzida no país - disse o ministro.

Para Hage, esta é a primeira vez que o Brasil vê seus órgãos de combate à corrupção trabalharem "articuladamente":

- O país deu passos gigantescos em termos de se organizar para enfrentar a corrupção, que é um crime como tantos outros - destacou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 313 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal