Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/08/2009 - O Norte de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso estelionatário que se passava por médico do hospital municipal de Bocaiúva

Por: Rubens Santana


O falso médico Bruno Willian Moreno da Silva, que atendia no hospital municipal Doutor Gil Alves naquela cidade e no Psf - Programa saúde da família - do Bairro Maria Rosa e se passava por Bruno Silva Faria de Luna, médico inscrito no Conselho Regional de Medicina - CRM 45.729 - que trabalha no PSF Cruzeiro, na cidade de Camanducaia, sul de Minas, foi preso pela polícia civil daquela cidade na tarde de quinta-feira, 27, após denúncia do secretário municipal de saúde, Edson Nominato Filho.

De acordo com o secretário, ao cruzar informações do Cadastro nacional de estabelecimento de saúde – CNES - havia duplicidade do profissional, e foi constatado que o falso médico se passava por Bruno Silva Faria de Luna; verdadeiro médico e usava o diploma falso da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Ainda segundo o secretário, ele apresentou toda documentação de Bruno Silva Faria.

Luis Servelino Ribeiro , diretor técnico do hospital municipal Doutor Gil Alves, informou que no mês de janeiro deste ano, quando o falso médico havia sido contratado, foi checada a situação do Bruno Luna perante ao CRM/MG e o órgão informou que ele estava em situação legal perante ao conselho, só que a direção do hospital de Bocaiúva não sabia que Bruno Willian havia apresentado documentos falsos.

O secretário municipal de saúde de Bocaiúva entrou em com o secretário de saúde de Camanducaia, e informou que havia um médico atendendo naquela cidade com as mesmas características do médico que atuava em Bocaiúva.

Após informações recebidas o secretário de saúde de Bocaiúva juntamente com à direção do hospital em que o falso médico estava trabalhando, se reuniram e solicitaram a presença do delegado da PC, Adalberto Fernandes e repassaram todas as informações. O delegado entrou em contato com a delegacia de polícia da cidade de Camanducaia e foi informado que naquele momento, Bruno Luna estava registrando um boletim de ocorrência contra o falso médico.

O delegado retornou ao hospital comunicando a direção o resultado da investigação. Naquele momento o falso médico não estava na instituição, porém, ele foi solicitado para que retornasse ao recinto. Quando ele chegou ao local, notou a presença da PC e fugiu. O falso médico foi perseguido, e durante a fuga colocou em risco, pedestres e motoristas nas vias públicas. Bruno Willian foi abordado nas proximidades da escola Odilon Loures, localizada no Bairro Bonfim. Ele foi preso e levado para a delegacia de polícia de Bocaiúva.

Bruno Moreno da Silva é natural de Governador Valadares e tem várias passagens pela polícia do estado de São Paulo acusado de falsificação de documentos. Ele será autuado por falsificação de documentos e uso ilegal da Medicina.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 592 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal