Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

29/08/2009 - Cosmo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal de idosos cai no golpe do falso sequestro

Por: Fabiana Buzzo

Bandidos obrigaram homem de 69 anos e sua esposa de 66 a comprarem R$ 1 mil em créditos para celulares.

O golpe do falso sequestro fez mais uma vítima em Campinas. O.C., 66 anos, e a mulher L.C., 69 anos, perderam R$ 1 mil para golpistas que do outro lado da linha telefônica diziam estar com seu filho. L. contou que recebeu a ligação por volta das 22h de ontem (28/8). Do outro lado, um homem solicitava o que ela comprasse créditos para vários aparelhos celulares na somatória de R$ 1 mil como pagamento do resgate.

'Uma pessoa se passando pelo meu filho ficava chorando no fundo e pedia ajuda, pedia para que fizesse o que eles mandavam. No início desconfiei porque achei que não era a voz do meu filho, mas meu marido achou que era e logo começou a negociar', contou.

De acordo com ela, os golpistas manipularam o telefone para que não conseguissem ligar para o filho. 'Nós não temos celular e eles foram falando com ele no telefone de casa até que nós saíssemos na rua. A gente fica tão nervosa na hora que nem vem o pensamento de ligar', disse.

O casal foi até um supermercado próximo, no bairro Cambuí, e carregou os celulares. O combinado era que os falsos sequestradores encontrassem o casal em uma praça próxima para pegar os comprovantes e devolver o filho. 'Ficamos lá por uma hora andando de um lado para o outro, mas ninguém apareceu', disse. O casal então resolveu voltar para casa. 'Só então pensamos em ligar para um amigo do meu filho e descobrimos que estava tudo bem, que ele estava em São Paulo', contou L.

De acordo com ela, depois que voltaram para casa, os bandidos continuaram a ligar querendo saber se eles realmente haviam comprado os créditos. 'A gente fica transtornada. Agora vamos comprar um celular para cada um. Nunca mais ficaremos sem. Não dá para ficar sem se defender', disse ela que espera conseguir o ressarcimento da empresa de cartão de crédito do valor perdido no golpe.

O caso foi registrado no plantão do 5º Distrito Policial e deverá ser encaminhado para Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e para o 1º Distrito Policial para apuração. Segundo o delegado Akira Fujiyama, nesses casos, não se deve atender a ligação. 'A pessoa que recebe esse tipo de ligação deve desligar o telefone e procurar saber onde o parente está. Se for de verdade, eles voltarão a ligar. Vão insistir. Não se deve ficar atendendo esse tipo de ligação porque quem aplica esse tipo de golpe são artistas, eles aproveitam das fraquezas das pessoas e com isso conseguem o que querem', disse. De acordo com ele, geralmente as ligações são feitas por presos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 290 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal