Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/08/2009 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cuidados com Cartões

Por: Álvaro Modernell


1 - Nos terminais do banco
Se o cartão ficar retido no terminal, não abandone o local. Aperte a tecla ANULA, CANCELA, FIM ou equivalente. Faça o mesmo após qualquer operação, mesmo se não for concluída. Não aceite ajuda de estranhos. Entre em contato com o banco e informe o ocorrido.
Nunca jogue na lixeira da área de atendimento qualquer tipo de comprovante emitido pelo terminal.

2 - Contrate os seguros contra fraudes
O uso de cartões é cada vez mais banal. Isso faz com que as pessoas naturalmente diminuam os cuidados. Com isso, os riscos aumentam. Proteja-se de grandes perdas. É melhor pagar alguns reais por mês e dormir tranqüilo.

3 - Mininize riscos
Não carregue ou mantenha mais cartões do que o necessário. Não potencialize os riscos. Quando receber um novo cartão, destrua o anterior.

4 - Cartão e senha são pessoais
Nunca compartilhe ou empreste seu cartão. Não informe sua senha a ninguém. Mesmo se a pessoa for de sua confiança, pode ser que ela não tenha os mesmos cuidados que você tem. Seria como fechar as portas com trancas de ferro e deixar uma janela aberta.

5 - Seja prudente
Caso desconfie que sua senha foi descoberta ou seu cartão foi clonado, extraviado ou roubado, não espere pelo pior. Bloqueie seu cartão, troque sua senha e solicite um novo conjunto para seu banco. É melhor ficar alguns dias sem cartão do que muito tempo sem dinheiro.

6 - Confira o extrato com regularidade
Corte o mal pela raiz. Quanto antes uma fraude for detectada, menores serão os estragos. Fazer um acompanhamento pelo menos semanal do seu extrato ajudará a reduzir os riscos.

7 - Diversifique suas senhas
Use diferentes números e critérios de senhas para funções distintas. Nunca use as mesmas senhas do banco ou do cartão em cadastros de sites e outros que não dispõem das mesmas rotinas de segurança.

8 - Siga as orientações do banco e da administradora
Muita gente não observa as recomendações básicas. Já foi constatado que muitas pessoas lesadas em golpes no cartão usavam senhas comuns como data do nascimento ou número do telefone e outras que guardavam a senha anotada junto ao cartão. Seja cauteloso. Atenda as recomendações de especialistas.

9 - Fique atento ao seu cartão
Quando entregar seu cartão a alguém, confira se o cartão devolvido é realmente o seu. Verifique também se o valor cobrado foi correto e se o seu cartão não é passado mais de uma vez na máquina. Procure informar-se sobre qualquer situação que lhe pareça anormal.

10 - Verifique o terminal
Observe sempre que digitar o primeiro dígito da sua senha se o que aparece no visor é um asterisco ou coisa parecida. Um golpe muito comum é entregarem ao cliente o terminal aguardando a digitação do valor. O cliente digita sua senha e ela fica visível para o atendente que pede desculpas e reinicia a transação, mas já decorou sua senha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 542 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal