Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/08/2009 - pernambuco.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário acusado de golpe de quase R$ 500 mil é preso


Um homem identificado como Porfírio de Araújo, de 55 anos, foi preso na noite desta quinta-feira, no Alecrim (Natal/RN), próximo a uma igreja Evangélica na avenida 9, acusado de estelionato. A prisão foi efetuada por policiais do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil juntamente com agentes da 3ª Delegacia de Polícia do bairro citado. Inicialmente a polícia afirmou que Porfírio seria auxiliar de serviços gerais do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos do Rio Grande do Norte e o golpe aplicado por ele, que se passou por professor, chegou próximo aos R$ 500 mil. O próprio acusado disse à imprensa que é funcionário não do Seturn e sim da Semob, antiga STTU.

"Ele montou um curso aqui de técnico em perfuração de petróleo e lesou cerca de 156 pessoas, num crime estimado em R$ 500 mil. Desde então passamos a mantê-lo sob vigilância. Soubemos que ele foi até Recife aplicar golpe semelhante e ontem retornou a Natal para fazer uma cobrança a um professor. Montamos uma vigilância e conseguimos detê-lo em flagrante. Todos os documentos que estavam com ele davam conta de que ele era funcionário do Seturn. Há uma evidência grande que seja, mas ainda vamos investigar", explicou Rolim.

Ainda de acordo com o delegado, algumas ocorrências registradas citavam que os alunos chegaram a vender vários pertences como aparelhos de som e até o cachorro para pagar o curso. "Mas, ao decorrer das aulas, eles foram percebendo que o professor não oferecia nenhum tipo de conteúdo técnico e, na hora de receber o certificado, simplesmente não havia. Foi aí que ele fugiu", conta.

Segundo o chefe do NIP, Porfírio é considerado um dos principais estelionatários do estado e vinha sendo procurado há aproximadamente dois meses. "Até agora temos cerca de 100 boletins registrados por pessoas lesadas por ele. Acreditamos que o número seja ainda maior", revelou Rolim. Cerca de oito policiais participaram da ação que culminou na prisão de Porfírio. Contra ele, pesava um mandado de prisão expedido pela 10ª Vara Criminal de Natal, decretado pelo juiz Gustavo Marinho Nogueira.

"Agora, ele será mantido preso aqui na delegacia de Defraudações e será ouvido em depoimento na manhã de hoje pelo delegado Flávio de La Vale, titular da unidade", explicou Rolim.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 306 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal