Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/08/2009 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Justiça acata denúncia contra 12 por fraude de selos no RS


O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) recebeu nesta quinta-feira a denúncia do Ministério Publico Federal contra 12 acusados de participação na fraude dos selos, que lesou os cofres da Assembleia Legislativa gaúcha em pelo menos R$ 3,3 milhões. Entre os denunciados, estão os deputados Kalil Sehbe (PDT) e Paulo Brum (PSDB), o ex-diretor administrativo do parlamento Ubirajara Amaral Macalão, outros servidores da Assembleia e da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT).

Segundo a denúncia, a Assembleia Legislativa era responsável por 90% da venda de selos da Agência Central da Empresa de Correios e Telégrafos (EBCT) de Porto Alegre (RS), no período entre maio de 2004 e meados de 2007. A fraude envolveria desde funcionários da EBCT até deputados estaduais.

O esquema consistiria na entrega clandestina de selos pelos empregados dos Correios e também o suposto fornecimento, por meio de e-mail ou disquete, das faturas e relatórios em formatação adulterável a Ubirajara Macalão, que excluiria dos registros as "vendas de selos" e as trocaria por outras rúbricas, como "impressos especiais" ou "recarga de máquinas". Depois, ele as levaria para serem pagas pela Assembleia Legislativa.

Parte dos selos seriam utilizados para campanhas políticas e outra parte seria vendida a pequenos estabelecimentos. A entrega dos selos teria ficado a cargo do motoboy Claiton Costa Alves, que seria comparsa de Ubirajara Macalão.

Os gerentes da Agência Central dos Correios Paulo César Bittencourt e Vilmar Scheffer também teriam colaborado para a fraude. Eles entregariam para Macalão os selos desviados e se deslocariam pessoalmente à Assembleia.

Confira a lista dos denunciados:

- Adriano Bonaspetti (peculato)
- Claiton Costa Alves (formação de quadrilha ou bando, falsificação de selo ou sinal público, falsidade ideológica, falsificação de documento público e peculato)
- Francisco Morelli (peculato)
- Kalil Sehbe (peculato)
- Mauro Rocha da Silva (formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, falsificação de documento público e peculato)
- Paulo Brum (peculato)
- Paulo Bittencourt (formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, falsificação de documento público e peculato)
- Santa Izabel Paludo (peculato)
- Sérgio Jaeger Júnior (peculato)
- Silvio Luiz Ungaretti (peculato)
- Ubirajara Amaral Macalão (formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, falsificação de documento público, falsa identidade e peculato)
- Vilmar Scheffer (formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, falsificação de documento público e peculato)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 424 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal