Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

20/08/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários usam sites de relacionamentos para aplicar golpes em quem busca namoro


SÃO PAULO - Quem frequenta sites de relacionamento na internet em busca de um novo amor precisa tomar cuidado. Aumentou o número de golpes, dados por pessoas que se dizem apaixonadas e que, na verdade, querem mesmo é dinheiro.

- Ele falava o que eu queria ouvir, ele contava histórias interessantes - diz uma das vítimas.

- Ele falava muito de família, de amor, de casamento - conta outra mulher.

Elas escondem o rosto por vergonha de terem sido enganadas pelos namorados que conheceram em sites que facilitam encontros amorosos.

- Eu achava que era uma pessoa que estava querendo reconstruir a vida ao lado de uma outra pessoa, porque o casamento dele não tinha dado certo. No final, vi que não era nada disso - conta uma vítima.

Para o delegado especialista em crimes digitais, José Mariano de Araújo Filho, o homem que enganou essas mulheres tem uma característica comum à maioria dos golpistas.

- Todos eles se expressam bem, escrevem bem, demonstram um certo tipo de conhecimento - explica Araújo Filho.

No caso de uma moça, o namoro virou casamento. Não de papel passado, mas ficaram juntos um ano e ela chegou a emprestar R$ 40 mil para pagar uma cirurgia que ele nunca fez.

- Eu falava que tinha um dinheiro por conta da venda de um apartamento, e ele sabia exatamente a quantia, e foi exatamente a quantia que ele pediu - afirmou a vítima.

- Esse é um crime de estelionato, onde a pessoa consegue vantagem ilícita em detrimento da vítima - explica o delegado.

Uma pesquisa mostra que o Brasil é o país com maior número de internautas usando sites de relacionamento. Cerca 70% de quem acessa a rede já entrou pelo menos uma vez num desses sites. Com o movimento maior, crescem também os golpes. Uma moça hospedou em casa, durante um mês e meio, o namorado que conheceu na internet. Depois de romper o relacionamento descobriu que ele não tinha emprego e fazia desses romances meio de vida.

- Eram histórias que ele criou, era um personagem que ele fez para conhecer pessoas pela internet, para seduzir e ter uma boa vida - conta.

Já existem até quadrilhas que tomam dinheiro de pessoas apaixonadas. Um site, por exemplo, alerta sobre um grupo de nigerianos que aplica golpes em vitimas em qualquer canto do mundo.

- Infelizmente neste tipo de crime a vítima não deseja expor sua intimidade. Então, ela não procura a polícia, não procura absolutamente nada que possa facilitar que se chegue ao criminoso - afirma José Mariano de Araújo Filho.

- A primeira coisa é denunciar e rapidamente, principalmente algo que aconteça na internet, porque nela as testemunhas são as máquinas. Elas podem contar o que aconteceu. Essa pessoa não fazer mal para outras - diz uma advogada.

Depois de cair no conto da alma gêmea, hoje, as vítimas aconselham o mesmo que os especialistas ensinam.

- Vai atrás, procura saber o rol de amigos para saber onde você está pisando - explica uma vítima.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 396 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal