Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/08/2009 - Portugal Diário Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estado burlado em mais de 5 milhões de euros

Por: Ana Sofia Cardoso

Grupo simulava transacções para depois receber o IVA indevido.

Um grupo de sete pessoas lesou o Estado em mais de 5 milhões de euros através de alegados crimes de burla tributária e branqueamento de capitais, disse o responsável pela investigação da Polícia Judiciária (PJ) ao tvi24.pt.

O grupo de homens entre os 34 e os 69 homens apresentava documentos falsos para justificar os movimentos fictícios, de forma a receber do Estado o valor indevido do IVA.

Dois dos arguidos constituíram seis sociedades do ramo têxtil, com sede fiscal em Braga, Trofa e Santo Tirso. Na realidade estas empresas nunca terão exercido qualquer actividade. As sociedades realizavam transmissões intracomunitárias simuladas, o que permitia a umas empresas deduzir indevidamente o IVA e a outras obterem o reembolso do respectivo imposto.

Para os alegados crimes, os proprietários das empresas contaram com a colaboração dos restantes cinco suspeitos, que pertencem a um Gabinete de Contabilidade. Estes cinco homens faziam a contabilidade de todas as empresas, movimentavam e levantavam cheques das contas bancárias onde foram depositados os reembolsos indevidos do IVA.

Os alegados crimes foram perpetrados entre os anos 2002 e 2005. Os sete homens mantinham entre si relações de parentesco e amizade.

A alegada burla e branqueamento foi detectada pela Direcção de Finanças de Braga. A investigação ficou a cargo do Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ em colaboração com a Direcção de Finanças.

O inquérito foi remetido para o Ministério Público.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 305 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal