Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/08/2009 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusados de estelionato são presos ao sair de banco

Por: Landry Pedrosa

Policiais militares prenderam três homens, quando saíam de uma agência bancária da avenida da Abolição. Segundo a Polícia, os acusados tentaram colocar, nos caixas eletrônicos, o equipamento conhecido como chupa-cabra.

Três homens foram presos, na manhã deste sábado, por policiais militares, quando saíam da agência do Bradesco, na avenida da Abolição. Durante a abordagem, os PMs viram que um deles levava no bolso da calça um “chupa-cabra”, equipamento usado para leitura de dados de cartões bancários. Valdeir Maciel de Souza, José Robério Alves da Silva e João Cavalcante Lopes, naturais da cidade de Novo Oriente, foram conduzidos para a Delegacia do 2º Distrito Policial (Aldeota), que estava de plantão. Eles foram interrogados pelo delegado Franco Pinheiro, que os indiciou por tentativa de estelionato.

Nas investigações, a Polícia apurou que os acusados são clonadores de cartão e que há dias vinham agindo em Fortaleza e tinham como alvo as agências do Banco do Brasil (BB) nas avenidas Monsenhor Tabosa e Abolição. Os acusados, além do chupa-cabra, também conduziam cartões bancários, que estariam clonados. Estes cartões foram encaminhados para o Instituto de Criminalística da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Os acusados estavam em um Fiat Palio de uma locadora do Rio Grande do Norte. No momento da prisão, o veículo estava estacionado em frente à agência do Bradesco. O major Passos, supervisor de policiamento da Capital, de plantão, disse ao O POVO que Valdeir responde por cinco furtos em São Paulo e um estelionato no Ceará. José Robério responde por um assalto, enquanto João Cavalcante, não tinha antecedente criminal.

Denúncia

A Polícia chegou até os acusados através da denúncia de um cliente do banco que desconfiou da presença deles na agência bancária. Eles estavam tentando colocar o chupa-cabra em um dos caixas eletrônicos do banco.

As ações de estelionatários contra agências bancárias de Fortaleza começaram há mais de 10 anos, quando a Polícia desarticulou as primeiras quadrilhas oriundas dos municípios de Novo Oriente e Crateús, no Sertão Central.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 483 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal