Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/08/2009 - O Documento Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Jornal acusa procurador preso por fraudes no PAC de ser latifundiário urbano

Por: Cláudio Moraes


O procurador geral da prefeitura de Cuiabá, José Antônio Rosa, é um homem que se tornou milionário "da noite para o dia". É o que afirma reportagem do jornal Folha do Estado, que circula nesta quinta-feira, denunciando o procurador de ser o "maior latifundiário urbano" da capital de Mato Grosso.

José Antônio Rosa foi preso na última segunda-feira pela Polícia Federal durante a Operação Pacenas. Ex-presidente da Sanecap (Companhia de Saneamento de Cuiabá), ele é acusado de ser intermediador do esquema de direcionar licitações do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) na cidade.

Sem apresentar e nem mesmo citar nenhum documento oficial, o jornal relata que José Antônio Rosa adquiriu cerca de 1,2 mil hectares nas proximidades da região conhecida como Ponte de Ferro, periferia da cidade. No local, a prefeitura de Cuiabá pretende construir um dos maiores balneários turísticos do Estado, fator que possibilitará valorização extrema dos imóveis da região.

De acordo com o veículo de comunicação, o procurador preso passou a comprar pequenas áreas para formar o latifúndio e, mais, trouxe até mesmo seu pai de Barra do Garças para cuidar do local. A reportagem assinada pelo editor Luis Acosta vai além e destaca que nas propriedades do procurador existe até mesmo a pecuária.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 315 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal