Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/01/2007 - Jornal da Mídia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha que roubava malotes bancários na Bahia vai continuar presa


Brasília - Quinze integrantes de uma quadrilha que roubava malotes de bancos tiveram o pedido de liminar em habeas-corpus negado pelo Superior Tribunal de Justiça. Presos desde 5 de julho do ano passado, eles pretendiam responder ao processo em liberdade. Para isso, a defesa dos envolvidos alegou incompetência do Juízo Criminal da Comarca de Eunápolis (BA) para julgar e processar a ação penal porque uma das vítimas da quadrilha seria a Caixa Econômica Federal, o que levaria o processo para a alçada federal.

O presidente do STJ, ministro Raphael de Barros Monteiro Filho, negou a liminar por considerar que o pedido se confunde com o próprio mérito da impetração, que será analisada pela Sexta Turma do STJ, sob a relatoria do ministro Paulo Medina. Na decisão, o ministro Barros Monteiro também solicitou parecer do Ministério Público Federal.

O grupo agia com sofisticação. Roubava os malotes, lavava os cheques quimicamente, adulterava os valores e depositava o dinheiro em diversas contas da quadrilha. Geralmente roubavam malotes das agências em que depositavam os cheques roubados para dar tempo de fazer a compensação e o saque antes que a fraude fosse descoberta.

A quadrilha liderada por Marcos dos Santos Silva e Carlos Alberto de Moraes Souza foi presa em flagrante quando tentava roubar um “maloteiro” que transportava malotes bancários do Aeroporto de Ilhéus para a Central de Compensação em Salvador. A polícia descobriu o planejamento do assalto por escutas telefônicas autorizadas pela justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 369 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal