Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/08/2009 - Gazeta Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais três CFCs investigados por fraude

Por: Lucas Monteiro


Mais três Centros de Formação de Condutores (CFCs) terão as atividades suspensas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/ES). O anúncio foi feito na noite desta terça-feira (4) depois que diretores da instituição, flagraram funcionários do município de Bom Jesus do Norte facilitando a prova de legislação para diversos alunos.

O caso tem ainda um agravante. Os candidatos são moradores de municípios do norte Fluminense e que não poderiam realizar as provas no município do sul capixaba. "As denúncias contra os CFCs de Bom Jesus do Norte são reincidentes e já estavam sob investigação pelo Detran. Mas agora nós contamos com a colaboração da Polícia Civil e flagramos a ação", afirma Paulo Lemos, diretor geral do Detran.

De acordo com a investigação, 30 candidatos do Rio de Janeiro estariam utilizando documentos falsos com a conivência dos funcionários das autoescolas. Em depoimento à polícia, alguns teriam afirmado fazer parte de um esquema, que beneficiaria tanto os alunos, quanto os funcionários.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) afirma ser proibido ao candidato realizar as provas de legislação e trânsito fora do município ou Estado em que reside. "Estamos investigando este caso há mais de um mês e devido ao flagrante, a partir de amanhã, mesmo que não tenha saído a decisão da corregedoria, todos os serviços destes três CFCs estarão suspensos", garante o diretor.

Os alunos investigados responderão pelo crime de fraude e falsidade ideológica. Os três CFCs envolvidos no esquema são Cidade Bom Jesus, Bom Jesus do Norte e Itabapoana. As atividades serão suspensas por um período de 30 dias, podendo ainda ser descredenciadas pelo Detran.

No norte do Estado, um caso semelhante

Na última sexta-feira (31) vinte pessoas foram presas acusadas de integrarem um esquema fraudulento de adulteração de documentos para a realização de provas de habilitação de motorista no município de Barra de São Francisco. A operação para desmontar o esquema foi desencadeada a partir de uma denúncia anônima repassada ao Detran no mês de abril.

Segundo levantamentos feitos pela Polícia Civil e pelo próprio órgão de trânsito, os candidatos conseguiriam a habilitação pela metade do preço cobrado em Minas Gerais. E para isso, candidatos mineiros falsificaram documentos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 238 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal