Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/07/2009 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Receita vigiará atuação de contribuinte em operações na Bolsa

Por: Renata Veríssimo e Adriana Fernandes

Fisco identificou 1.481 contribuintes com indícios de omissões de rendimento nesse investimento.

BRASÍLIA - A Receita Federal inicia na segunda-feira uma operação de fiscalização focada no contribuinte pessoa física com indícios de irregularidades nas operações de bolsa de valores. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, 10.950 pessoas, que juntas movimentaram R$ 34 bilhões, foram acompanhadas nos últimos cinco anos. Desse universo, a Receita identificou 1.481 contribuintes com indícios concretos de omissões de rendimento em operações em bolsa de valores. Esses contribuintes movimentaram R$ 81 milhões neste período. Segundo a Receita, a ação de fiscalização acontecerá em todo país.

O Fisco alerta que os contribuintes que quiserem regularizar a situação devem procurar o órgão antes do recebimento da intimação da Receita. Para isso, devem retificar as suas declarações de Imposto de Renda, pagando eventuais diferenças de impostos, acrescidos de juros e multa de mora, limitada a 20% do valor devido.

Após o recebimento da notificação, os contribuintes não podem mais retificar espontaneamente as suas declarações e terão que pagar os impostos, acrescidos de juros e multa de ofício de 75% a 150%. Nos casos em que for comprovada a fraude, as pessoas também devem ser processadas criminalmente.

Nos últimos anos, a arrecadação de IRPF foi reforçada em função do recolhimento de Imposto sobre ganhos líquidos em operações em bolsa e sobre ganhos de capital. Mas, no primeiro semestre de 2009, segundo a Receita, o pagamento de IRPF teve queda real de 9,7% em relação ao primeiro semestre de 2008, principalmente nestes dois itens.

Os dados do Fisco mostram que foram arrecadados de janeiro a junho deste ano R$ 278 milhões em IR sobre ganhos em bolsa. O valor é 48,26% menor que o recolhido no mesmo período do ano passado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 218 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal