Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/07/2009 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilhas atuam em etapas


Geralmente, a clonagem de veículos envolve também os crimes de furto e roubo. Quem explica é o titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, Espártaco Esmeraldo. Segundo o delegado, as quadrilhas especializadas nesse crime atuam por etapas. A primeira é a encomenda das chamadas placas frias, copiadas de veículos que circulam pela cidade. Quando elas ficam prontas, os criminosos saem em busca de carros ou motos com as mesmas características dos que tiveram a placa clonada.

“Na hora de assaltar, a quadrilha já sabe o tipo de carro que quer. Tem que ser o mesmo modelo, a mesma cor”, ressalta o delegado. De posse do veículo, os criminosos retiram a placa original e colocam a que foi clonada. A última etapa é a falsificação dos documentos do carro ou da moto. Algumas quadrilhas também chegam a adulterar o chassi do veículo, dificultando ainda mais a identificação da clonagem.

O interesse da quadrilha é vender o carro, geralmente para alguém de uma outra cidade ou estado. “Por isso tem gente que recebe multa de um local onde nunca esteve”, aponta Esmeraldo. Conforme ele, no mês passado, a delegacia registrou cinco casos de clonagem. “Quase todos os veículos apreendidos aqui têm a placa clonada”, afirma, sem citar números. Ele reconhece que a Polícia tem dificuldade de localizar esses veículos, principalmente quando o chassi está adulterado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 309 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal