Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/07/2009 - Campo Grande News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsificador disse que produzia CNHs desde 2008

Por: Fernanda Mathias e Adriany Vital


À Polícia, Wellington Nunes de Andrade, 26 anos, disse que desde 2008 produzia CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) falsas. Porém, ele tem antecedentes criminais desde 2007, por uso de documento falso.

Ele foi preso ontem à tarde em um cyber café com 22 habilitações falsas e 27 cópias de CNHs originais. Também foi preso Josué Almada, 57 anos, que estava encomendando uma CNH porque a sua estava cancelada. Eles se encontraram no ponto conhecido como “Pedra”, na Avenida Afonso Pena, e seguiram para o cyber, onde foram presos.

O delegado João Eduardo Davanço disse que as cópias são grosseiras, não têm marca d’água e a fraude facilmente seria detectada por um policial, informação diferente da que foi dada ontem.

Segundo ele, já há nomes de outros envolvidos, que forneciam o material para confecção das habilitações falsas e não está descartado envolvimento de alguém que trabalhe para o Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

As pessoas pagavam até R$ 1 mil para ter uma CNH falsa, valor que chega a ser 100% maior que do processo lícito para obter o documento.

A polícia tenta descobrir quantas CNHs falsas foram produzidas por Wellington e também entrará em contato com as pessoas cujos nomes estão nas CNHs falsas e cópias de habilitações para descobrir se elas usam documentos fraudulentos. A pena prevista para falsificação de documentos públicos, no artigo 297 do Código Penal, é dois a seis anos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 229 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal