Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/07/2009 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Hacker é do mal?


Nem todo hacker é um criminoso virtual. Para o chefe da unidade de repressão a crimes cibernéticos da Polícia Federal, delegado Carlos Eduardo Sobral, há um erro em chamar quem comete crimes virtuais de hacker, mas o termo caiu no uso popular.

– O cracker é o que fica invadindo computadores para fazer o mal. O hacker é um cara do bem, quebra um sistema para alertar que há falha ali. Tem muito hacker empresário hoje. É o menino que fazia invasões para aprender como o sistema funciona, mas cresceu. E tem o que não cresceu, foi para o crime e pratica fraudes. Esse é o cracker – diferencia.

Também há os crackers regenerados. O caso mais conhecido é o do americano Kevin Mitnick. Perseguido pelo FBI nos anos 1990, foi preso e, durante a condicional, proibido de acessar a internet. Hoje, trabalha como consultor de segurança na web.

No Brasil, tramita no Congresso um projeto de legislação que prevê como crime a invasão de computadores alheios. Hoje, não há consenso, pois depende do tipo de ação que é feita a partir do acesso a uma máquina de terceiro, explica Sobral. Por exemplo, mandar e-mails se fazendo passar por outra pessoa pode ser tipificado como falsa identidade.

– Depende do que fizer, por exemplo, se vai acessar informação pessoal e fazer divulgação de segredo ou uma fraude para roubar dinheiro – afirma o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 295 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal