Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/07/2009 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Comércio de remédio pela internet é golpe

Por: Maicon Bock


Em vez de ter em mãos um medicamento capaz de combater a gripe A em caso de necessidade, pessoas que tentaram comprar Tamiflu pela internet tomaram um calote.

Ohomem que oferece o produto em um site recebe o dinheiro por meio de depósito bancário e não envia o produto por Sedex, conforme o prometido. Para comprovar o golpe, Zero Hora negociou a compra do antiviral por telefone com um homem de Recife no dia 10 (veja reprodução ao lado da reportagem publicada no dia 11). Foi acertado o envio de uma caixa de Tamiflu na versão de 10 cápsulas de 75 miligramas por R$ 150. Além do medicamento, ele prometia enviar “máscaras grátis” com a encomenda.

Depois de fazer o depósito em uma conta do Bradesco, cujo titular mora em Recife, a reportagem voltou a contatar o suposto vendedor para informar o endereço da entrega, em Porto Alegre. O homem anotou os dados e prometeu enviar no dia 13, uma segunda-feira, mas o produto não chegou. Nos dias seguintes, o homem parou de atender às ligações e de conversar pelo messenger, em que usava o e-mail pharmed.web@hotmail.com.

Estimulada com o temor global gerado pela pandemia de gripe A e pela falta do medicamento nas farmácias, depois que o Ministério da Saúde o recolheu das prateleiras, a prática configura estelionato, conforme o promotor Mauro Luís Silva de Souza, da Promotoria de Justiça Especializada Criminal do Ministério Público Estadual.

Consumo sem orientação médica não é recomendado

Na internet, o nome informado pelo falso vendedor de Tamiflu é o mesmo que consta em anúncios duvidosos, como a venda de decodificadores de TV a cabo com sinal liberado e de câmeras digitais a preços abaixo dos de mercado. Em outro site, vítimas do golpista avisam possíveis clientes de que se trata de um golpe.

– Ele se diz vendedor de vários produtos. Ele só vai pegar o dinheiro de vocês, já enganou várias pessoas com vários produtos – registrou uma vítima.

Ontem, o anúncio seguia acessível na internet oferecendo Tamiflu. ZH omite o nome apresentado pelo falso vendedor pela possibilidade de se tratar de uma pessoa envolvida involuntariamente no golpe.

O consumo do antiviral sem prescrição médica não é recomendado. O uso do medicamento como prevenção pode tornar o vírus resistente a ele. Se a pessoa vir a ficar doente e precisar tomar a droga no futuro, é possível que ela não faça efeito. Além disso, o tratamento tem de ser iniciado em, no máximo, 48 horas após o início dos sintomas.Depois desse período, só é possível usar remédios para aliviar os sintomas e esperar pelo fim do ciclo do vírus.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 298 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal