Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/07/2009 - Época Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Como se prevenir das fraudes bancárias

O que fazer para deixar seu dinheiro longe dos golpes que existem na internet.

São mais de 32 milhões de usuários de internet banking. Além da comodidade de realizar qualquer tipo de transação online, estes internautas costumam se tornar alvo dos criminosos da web. E os hackers usam de artifícios como páginas falsas de sites (chamados phishing) para capturar as informações do usuário e cometer a fraude eletrônica.

Não é à toa que a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) investe cerca de US$ 1,2 bilhão por ano no sistema de tecnologia para melhorar a segurança dos clientes. “Mas os usuários também precisam se proteger”, afirma Hugo Costa, diretor geral da ACI Worldwide, empresa especializada em soluções de segurança bancária. “À medida que as transações financeiras crescem, as fraudes bancárias seguem o mesmo ritmo. E o desconforto maior ocorre por parte do consumidor”, afirma.

Confira as dúvidas mais frequentes e veja como se prevenir das fraudes bancárias na internet, de acordo com as dicas de Costa.

Qual é a origem das fraudes bancárias?

Há três formas de se realizar uma fraude na internet: atacando o servidor, interceptando dados durante a transmissão e usando técnicas para roubar informações do usuário final. Os bancos investem fortemente na segurança dos dois primeiros itens e o elo mais fraco dessa corrente acaba sendo o internauta, que não se previne ou toma atitudes preventivas para evitar a falha.

Qual a táticas dos fraudadores para roubar senhas e informações?

Há duas formas: o scam é geralmente um e-mail com uma mensagem falsa que, se instalado na máquina do usuário, passa a coletar informações do internauta; e o phishing também é um e-mail, com um link que leva para um site falso bem parecido com o original. Ao entrar nele, o usuário digita suas senhas, que são armazenadas em um servidor e depois usadas pelo fraudador para fazer transferências ou compras.

Como identificar uma fraude?

Os scams e os phishings são mensagens com muitos erros de português. Mas é sempre bom não abrir e-mails de pessoas desconhecidas.

Como evitar as fraudes?

- Atualize periodicamente a segurança do sistema operacional e do browser, recomendadas pelo fornecedor do seu software.

- Tenha um antivírus (mesmo que gratuito) e o mantenha atualizado.

- Instale um firewall e o mantenha bem configurado.

- Não acesse links de e-mails suspeitos.

- Tome cuidado ao acessar a internet de computadores de uso público, como os de cibercafés e os de hotéis.

O que fazer caso caia no golpe?

Procure o gerente de seu banco e avise o que ocorreu. Ele deve orientá-lo a escrever uma carta de contestação. Assim, as equipes técnicas dos bancos conferem se houve de fato uma fraude, identificando quais os métodos utilizados pelos fraudadores. Em geral, o cliente é ressarcido.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 304 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal