Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/07/2009 - O Mirante Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ apreende 2,5 milhões de dólares falsos numa tipografia do Carregado


A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois empresários e apreendeu 2,5 milhões de dólares americanos em notas falsas alegadamente produzidas numa tipografia do Carregado. A operação dirigida pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) culminou no dia 15 de Julho com a visita dos inspectores ao local onde registaram o flagrante delito que levou à detenção dos dois indivíduos de 49 e 37 anos de idade, por suspeita de contrafacção de moeda. A polícia apreendeu as máquinas onde alegadamente foram feitas as notas, incluindo duas máquinas offset e uma impressora a laser que permitiu produzir notas de “elevada qualidade”.

Segundo a PJ, a investigação decorria já há alguns meses, “por suspeita da contrafacção e introdução no mercado de notas de dólar Americano, com elevadas vantagens financeiras, condutas altamente danosas para a confiança pública e para a segurança das transacções comerciais realizadas”.

O processo de contrafacção “reunia técnicas clássicas (offset) e o recurso a moderna tecnologia computacional, constatando-se tratar-se de uma contrafacção desconhecida no mercado”.

Os falsificadores detidos vão responder por contrafacção de moeda, crime punido com pena de prisão entre três e 12 anos. Os detidos, que aguardam julgamento em liberdade, podem ainda ser acusados de associação criminosa se ficar provado que actuavam em conjunto com o mesmo objectivo. Este crime é punido com pena de prisão até cinco anos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 338 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal