Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

18/07/2009 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe no crédito: Bando cobrava taxa antecipada e não liberava empréstimo

Por: Maria Inez Magalhães


Rio - Quatro pessoas foram presas na Pavuna por policiais da 5ª DP (Gomes Freire) acusadas de aplicar golpe com empréstimos consignados. O bando exigia todos os dados das pessoas e cobrava taxa de até 10% do valor do empréstimo.

“Eles alegavam que o dinheiro era para agilizar a aprovação do crédito, que nunca era liberado”, explicou a delegada Marta Cavalieri. Pelo menos oito vítimas estiveram ontem na delegacia. Entre os lesados, está um oficial de Justiça que chegou a pagar uma taxa de R$ 1 mil. Ele havia pedido R$ 30 mil de empréstimo.

As vítimas procuravam os criminosos por telefone — os números eram anunciados em jornais. Um dos aparelhos usados foi encontrado dentro de uma boneca.

No apartamento em que o grupo estava, foram apreendidos celulares, cartões de banco e um caderno com informações pessoais das vítimas e valores. O dinheiro era depositado na conta de Michele Souza da Silva, 28 anos, que foi presa. Ela e os demais integrantes do bando atendiam as ligações e faziam a negociação. Cada um ganhava R$ 150 por vítima.

A polícia acredita que o grupo agia há muito tempo e que outras pessoas possam estar envolvidas. “Vou pedir a quebra dos sigilos telefônico e bancário de cada um para saber com quem eles falavam e como era a movimentação da conta”, disse a delegada.

Além de Michele, foram presos Alexandre da Silva Vieira, 34 anos, Jorge Felipe Ferreira de Medeiros, 23, e Thiago Mendes de Almeida, de 26.

COMO SE PREVENIR E EVITAR A AÇÃO DE GOLPISTAS

INSTITUIÇÕES
Para evitar a ação de golpistas, é fundamental que os interessados nos empréstimos procurem instituições financeiras conceituadas no mercado.

TELEFONE
As negociações por telefone devem ser sempre evitadas. Jamais dê informações pessoais, como endereço, números da carteira de identidade e do CPF ao falar ao telefone. Isso sempre facilita as fraudes.

TAXAS
Também são muito comuns as fraudes envolvendo a cobrança de taxas antecipadas para a posterior liberação do empréstimo negociado. Desconfie sempre que houver esse tipo de cobrança e não aceite pagá-la.

CONTRACHEQUE
É muito importante ficar atento a todos os itens listados no contracheque. Se estranhar alguma cobrança, busque esclarecê-la imediatamente.

DENUNCIE
Não se intimide e procure a polícia se desconfiar ou se sofrer algum golpe. Sua iniciativa pode evitar que outros sejam vítimas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 389 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal