Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/07/2009 - O Norte de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem comprava bois com cheques sem fundo e revendia a frigorífico

Por: Renata Martins


Um homem identificado como José Dias de Araújo é o principal suspeito de ter aplicado golpe em produtores de gado no Norte de Minas. O suspeito fingia ser fazendeiro e comprava animais em fazendas da região com cheques sem fundos.

Os locais preferidos por ele para aplicar os golpes são estes: São João da Ponte, Varzelândia, Januária, Pedras de Maria da Cruz, Patis e Jaíba. A polícia pediu a prisão preventiva do suspeito. A cópia da identidade e as fotos do circuito interno de segurança de uma loja em Varzelândia são as únicas identificações que a polícia tem de José Dias.

Até o momento, dez produtores fizeram queixa na polícia. O prejuízo pode chegar a três milhões de reais, segundo a polícia. Todo gado comprado foi vendido para um frigorífico em Belo Horizonte. A polícia investiga se a empresa, por enquanto mantida em sigilo, tem participação no golpe.

CEM CABEÇAS

O criador de gado Geraldo Silva afirma que vendeu cerca de 100 cabeças de gado para o suspeito. De acordo com ele, o dinheiro seria usado para pagar outra dívida, mas, no momento em que foi depositar o cheque, veio a surpresa.

O valor não caiu na conta de Geraldo ao saber o que havia acontecido, e descobriu que o cheque usado por José Dias para fazer o pagamento não tinha fundos.

O NORTE esteve no sítio de Geraldo, que confirmou ser vítima do golpista e conta o que aconteceu:

- José Dias chegou aqui perguntando se nós sabíamos quem estava vendendo gado. Ele disse que era criador e dono de um frigorífico. E que estava na região procurando mercadoria de qualidade. Assim como fez comigo, ele fez com outros fazendeiros vizinhos.

Segundo o criador de gado Manoel Ananias Ferreira, o golpista é um bom negociador e sempre pede descontos.

- Ele é matuto, negocia, pede desconto no valor total do gado e sempre leva os melhores animais – conta.

De acordo com Manoel, o prejuízo que ele teve foi de R$ 50 mil. O homem conta que o suspeito deixou telefone de contato e endereço, mas quando foi procurado, os dados não conferiam.

INVESTIGAÇÃO

As polícias civil e federal estão investigando o caso. Os nomes de outros suspeitos de participação no golpe foram descobertos, mas não serão revelados, devido à investigação não ter sido concluída.

Criadores de gado de São João da Ponte pedem que os oficiais de justiça, juntamente com o ministério público, tomem providência e recuperem o prejuízo sofrido por eles. Alguns afirmam que indenizações devem ser pagas aos criadores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 367 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal