Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/07/2009 - Jornal O Sollo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Descoberta fraude na CDL de Porto Seguro

Presidente enfrenta golpistas que querem manter os desmandos.

Zeca Santana, ex-gerente da entidade, forjou a própria demissão, em 2007, e continuou recebendo salário por fora.

O ex-gerente lesou o INSS, além de sonegar imposto de renda, recebendo salário de R$ 1,9 mil, ao mesmo tempo que recebia o seguro-desemprego, durante seis meses, depois de forjar a própria demissão. E mais: Ele também destruiu documentos e notas fiscais da entidade para que o atual presidente não descobrisse o esquema da campanha de Natal, que era feita com um caixa paralelo, deixando apenas o prejuízo para a entidade, além disso, no período em que ele foi presidente, de 2004 a 2006, Zeca Santana recebia remuneração de R$1,5 mil por mês, contrário ao que rege o estatuto, que diz que o cargo não dá direito a salário de espécie alguma. O recibo de 2005 confirma a denúncia.

O ex-gerente executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Seguro, José Santana Neto, natural de Guaratinga, conhecido como Zeca do PCdoB, teve uma passagem desastrosa pela entidade, tanto no período em que foi presidente, quanto nos últimos dois anos em que permaneceu contratado como funcionário. A gestão de Jadilson Moraes, eleito para o biênio 2009/2010, acabou se tornando um obstáculo para que Zeca continuasse a praticar irregularidades na entidade, culminando com a sua demissão definitiva, dessa vez devido às inúmeras faltas administrativas apuradas e do comportamento inapropriado para um funcionário de direção. Logo nos primeiros dias da nova gestão, o presidente da CDL começou a apurar o histórico administrativo da entidade, descobrindo irregularidades ligadas ao ex-gerente executivo, que passou a omitir informações e a destruir documentos e notas fiscais com o objetivo de dificultar o trabalho de Jadilson.

OS OUTROS GOLPISTAS

O conselheiro fiscal da CDL, Júlio César Varnier e o diretor Geovson Magno integram o grupo de Zeca Santana que tenta um golpe na presidência da entidade. Por trás da articulação está um jornal sensacionalista de Porto Seguro e seu diretor e provavelmente um grupo político interessado na direção da CDL para fins eleitoreiros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 257 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal