Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/07/2009 - O Rio Branco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presidiário usava nomes falsos para enganar polícia

Policiais do Grupo Especial de Capturas da Polícia Civil (GECAPC) prenderam no início da noite de terça-feira (14), um rapaz que há quase dois anos era procurado pela justiça.

Policiais do Grupo Especial de Capturas da Polícia Civil (GECAPC) prenderam no início da noite de terça-feira (14), um rapaz que há quase dois anos era procurado pela justiça, que chamou a atenção dos agentes foi o fato de que acusado de 22 anos usava três nomes diferentes e para cada um deles havia um mandado de prisão. A artimanha era usada para despistar os policiais.

De acordo com informações dos policiais que participaram da captura, o elemento usava os nomes de André da Costa Nunes que tinha um mandado de prisão expedido pela Vara de Execuções Penais por crime de tráfico, com o nome de Bruno Costa Nunes ele responde por crime de furto na 2ª Vara Criminal do Fórum Barão do Rio Branco e pela Central de Penas Alternativas, onde ele responde por crime de assalto à mão armada, com o nome de Bruno Sampaio Santos.

Os agentes disseram que no momento da prisão que aconteceu em uma casa no Bairro Estação Experimental, o acusado ainda tentou enganá-los usado os nomes de Anderson e Mauricio.

Na sede do GECAPC ele disse que seu nome verdadeiro era Bruno Sampaio Santos e esclareceu como é que conseguiu enganar a justiça todo esse tempo, "Quando eu era preso eu dizia que era morador de rua e que não tinha documentos porque os havia perdido, aí dava um nome qualquer eles acreditavam", esclareceu.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 377 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal