Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/07/2009 - Canal Rio Claro Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

SP:Trio é preso pela PM enquanto aplicava golpe do bilhete premiado em Mauá


A Polícia Militar prendeu em flagrante, na tarde da ultima segunda-feira (13), três homens que tentavam aplicar o golpe do bilhete premiado em um idoso, na região central de Mauá, na Grande São Paulo. Próximo a uma agência bancária, por volta das 16 horas da última segunda-feira (13), na avenida Barão de Mauá, foram presos o autônomo C.A.M., de 49 anos, o vendedor E.C.S., de 45, e o comerciante J.A.F., 46.

Policiais militares da Companhia de Força Tática do 30º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) realizavam patrulhamento de rotina na região, quando viram um Vectra prata, vazio, estacionado com os vidros abertos. Ao se aproximarem, C. apareceu e disse que o veículo pertencia a um colega que estava na agência bancária.

Devido ao nervosismo que C. demonstrou em sua fala, os policiais realizaram uma busca no veículo, e encontraram no porta-malas R$ 9.700, além de R$ 330 que estavam com o autônomo. Questionado sobre a origem do dinheiro, C. contou que também pertencia ao colega.

Os policiais acompanhavam C. até o banco quando, durante o caminho, J. falou em voz alta no celular: "A casa caiu". O comerciante foi preso e, em frente ao banco, o último integrante do bando, o vendedor E., foi localizado e preso. O trio foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Mauá.

O golpe

No mesmo momento, um motorista estava no mesmo DP dizendo ter sido vítima do golpe. Segundo ele, C. havia o abordado próximo à saída de uma agência bancária, dizendo que havia acabado de ganhar R$ 826.212,10 na loteria, mas que não poderia receber o prêmio. Durante a conversa, E. se aproximou e, fingindo não conhecer o comparsa, demonstrou interesse em ajudar C.

A proposta era que a vítima entregasse para C. R$ 15 mil, para que em seguida pudesse receber parte do suposto prêmio. Os dois estelionatários foram com a vítima até uma lotérica, onde conseguiram convencê-la da autenticidade do bilhete. E. deixou o grupo por alguns minutos e, quando voltou, trouxe uma sacola com o dinheiro.

O motorista acreditou na história e foi ao banco, onde sacou R$ 10 mil e entregou a C. Depois, foi a outro banco e sacou mais R$ 5 mil. Quando iria entregar o dinheiro ao estelionatário, o motorista se deparou com a abordagem policial. Ele aguardou alguns minutos e compareceu à delegacia, onde contou toda a história, apresentando o comprovante bancário do saque.

O veículo e o falso bilhete premiado foram apreendidos, e os R$ 10 mil devolvidos à vítima. Indiciados por estelionato, o trio foi encaminhado para a Cadeia Pública de Santo André e, posteriormente, será transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mauá, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 272 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal