Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/07/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Symantec já identificou 2,5 milhões de novas ameaças este ano, entre elas antivírus falsos.

Por: André Machado


RIO - Nos EUA, ao comprar um netbook na Best Buy, a primeira coisa que o freguês ouve do vendedor é: "Você deve instalar um programa de segurança neste computador, porque ele não vem com um". Bom conselho. Outros do gênero foram dados pelos especialistas da Symantec num workshop realizado pelo fabricante de antivírus na semana passada. Foi demonstrada a Pancake, uma plataforma capaz de testar todo tipo de impacto que várias ações de programas e do usuário podem ter no desempenho do computador (baixar coisas, navegar em sites, compartilhar arquivos...).Vários testes foram levados a cabo, sob a batuta de Dong Chung, diretor de engenharia, mais conhecido como DC.


A principal motivação de Chung tem sido a fama que a suíte de segurança Norton tem de ser um tanto pesada, que o levou a produzir uma versão mais enxuta, muito embora ainda tenha bastante trabalho pela frente - já estão dizendo por aí que as primeiras versões de teste do Norton 2010 estão mais pesadas que o 2009. Daí o mergulho no Pancake, que DC pretende abrir a seus concorrentes para alertá-los sobre essa questão da performance, fundamental no momento presente. Segundo Kevin Haley, diretor do grupo de resposta de segurança da Symantec, se em 2000 eram detectadas 1.500 assinaturas de vírus, este ano, até agora, elas estão na casa de 2,5 milhões.

- Na verdade, contando tudo, variantes, redes zumbis etc, a expectativa é de que, até o fim do ano, chegaremos a 120 milhões de ameaças - diz Kevin.

Os cibercriminosos estão criando antivírus falsos, com sites bem desenhados e até comunicados de "certificação" supostamente oficial. Vimos um deles em ação, o UnVirex, tão esperto que é capaz de se infiltrar na tela de inicialização do Windows XP avisando que o computador está desprotegido e precisa instalá-lo. Kevin mostrou um caso em que, numa busca do Google, o falso antivírus criou na página de resultados uma seção inexistente (Google Tips) e nela se anunciava como uma solução de segurança.

Patrick Gardner, diretor de desenvolvimento, contou que a Symantec guarda mais de 30 mil exemplos de antivírus falsos, muitos se disfarçando de programas consagrados, como o da central de segurança do próprio Windows (Windows Defender).

Agora imaginem o verme Conficker, o campeão na criação de redes zumbis de máquinas infectadas no mundo (4,6 milhões de redes ativas), usando antivírus falsos para se replicar. Cada antivírus pede que o usuário incauto pague US$ 49,95 para se registrar. É só fazer a conta.

E, como o grande objetivo dos criminosos digitais é dinheiro, eles passaram a contratar amigos mediante pagamento de comissão por máquina infectada e incluída na rede morta-viva. São os chamados "afiliados PPI" (pagos por instalação do verme nos computadores). Alguns chegam a faturar mais de US$ 300 mil mensais com as comissões, diz Patrick.

A solução para enfrentar esse quadro caótico não é nova: escute o que o vendedor disse no começo do texto e instale soluções de segurança no seu computador. E, ao navegar pela grande rede, olhe à sua volta como olhamos numa rua movimentada, onde todos podem perceber o que estamos fazendo, e nem sempre com boas intenções.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 278 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal